Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Energia Solar de Grande Escala na Austrália

29 de Maio de 2018
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais e Notícias | Tags: , , ,

clip_image002O site do Nikkei Asian Review publica um artigo mostrando que empresas japonesas junto com europeias se comprometem com a Austrália para um projeto de energia solar de cerca de US$ 1 bilhão para produzir 250 megawatts, com o uso de baterias de íon de lítio de 100 MW para a sua armazenagem.

Joint-venture japonesa investe em energia solar no exterior, com uso de baterias de ion de lítio. Foto publicada no artigo da Nikkei Asian Review

As condições australianas são semelhantes às brasileiras, com intensa insolação por longos períodos, o que favorece projetos de energia solar de 250 megawatts em que empresas japonesas e europeias estão interessadas. Uma, projetada para a Austrália, implica em investimentos estimados em US$ 1 bilhão e para o seu armazenamento serão usadas gigantescas baterias de ion de lítio de 100 MW. A Austrália já conta com experiência neste tipo de projeto, o maior do gênero no planeta e o aumento em escala reduz os custos dos equipamentos indispensáveis, como suas baterias.

Da parte japonesa, a JERA, que conta cm 50% da Tokyo Eletric Power e 50% da Chubu Eletric Power, está participando e da parte europeia são a Siemens e Lyon. Trata-se de um conjunto de três usinas que, juntas, poderão gerar 550 MW no final de 2019. As empresas japonesas envolvidas estão aumentando a sua experiência neste setor de energia solar, visando investimentos em outras regiões.

O que vem acontecendo é que a multiplicação destas usinas de energia solar estão provocando uma economia de escala, reduzindo os custos dos equipamentos. Também no nordeste brasileiros estão sendo instaladas, mas com equipamentos ainda importados.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: