Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Produção de Salmão Criado no Japão

5 de março de 2018
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais e Notícias, Gastronomia | Tags: , , ,

clip_image002Um artigo de Natsuko Fukue distribuído pela agência AFP foi publicado no jornal Japan Times informando que já existe tecnologia no Japão para a produção de salmão, que pode ser consumido pelos japoneses na forma de sushi ou sashimi.

Um funcionário da FRD Japan controla a temperatura e o oxigênio no tanque para a produção do salmão cinza, que é criado em Saitama, no Japão. Foto constante do artigo no Japan Times

Leia o restante desse texto »


Baleias e Atuns na Política Japonesa

15 de Maio de 2017
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais e Notícias | Tags: , , ,

clip_image002O jornalista Philip Brasor, com toda a razão, move uma forte campanha contra o abate de baleias e o consumo exagerado do atum, que não é só dos japoneses, mesmo com uma parte já seja criada em cativeiro.

O atum rabilho (bluefin) jovem acaba sendo capturado nas pescas com as redes. Foto constante do artigo publicado no The Japan Times

Leia o restante desse texto »


Pesquisa no Sudeste Asiático Mostra que Japão é Confiável

21 de abril de 2014
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais, Notícias, Política | Tags: , , | 2 Comentários »

Uma pesquisa de opinião efetuada pelo governo japonês utilizando uma empresa chamada IPSOS, de Hong Kong, nos países do Sudeste Asiático com os adultos informa que o Japão conseguiu a consideração mais favorável. Comparado com 10 outros países, como os Estados Unidos, Reino Unido, Austrália, China, França, Alemanha, Índia, Nova Zelândia e Rússia, o Japão obteve a indicação de 33%. Foi seguida pelos Estados Unidos, que tiveram menos de sua metade, quando os demais não chegaram a um quinto. Os japoneses procuram fazer pesquisas semelhantes em diversos países para acompanhar a imagem que possui no exterior que de forma geral lhes é favorável.

Esta informação foi divulgada com base na notícia decorrente da agência Jiji e foi noticiado no jornal The Japan Times e possivelmente procura recuperar a autoestima que os japoneses possuem e que pode ficar abalada com a intensidade dos temas relacionados principalmente com a China e a Coreia do Sul, em decorrência dos problemas da Segunda Guerra Mundial, hoje destacados com as disputas territoriais e a onda nacionalista que alguns setores da opinião pública japonesa estão enfatizando. Mesmo com dados desta natureza, a presença das empresas japonesas no exterior não chega a ser mais expressiva possivelmente por duas décadas de estagnação e deflação, que não permitem uma política econômica externa clara.

sudeste-asia

Leia o restante desse texto »


Recantos em Harajuku

8 de junho de 2013
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais, Gastronomia, Notícias, webtown | Tags: , , ,

Robbie Swinnerton é uma jornalista radicada em Tóquio que mantém o blog www.tokyofoodfile.com e publica regularmente suas matérias no Japan Times com importantes dicas, principalmente para os que vivem no Japão e desejam receber informações em inglês. Pesquisadora assídua, vai descobrindo muitos locais pouco conhecidos dos próprios japoneses, que refletem a ampla diversidade do que pode ser encontrado naquele país, que não se resume somente às culinárias, mas ambientes que ainda preservam o que existe de mais caro na cultura japonesa. Harajuku, para os que não conhecem, é um bairro frequentado pelos jovens japoneses que inovaram nas suas formas de vida, inclusive lançando ousados comportamentos que acabaram influenciando a moda descontraída em todo o mundo. Fica pouco abaixo de Omotesando, um dos locais mais refinados do Japão, onde japoneses de elevada capacidade econômica e turistas internacionais podem adquirir tudo o que há de melhor naquele país. Harajuku é também onde começa um bom parque arborizado, um dos muitos com que conta Tóquio, preservando o verde nesta grande metrópole.

Ela informa sobre um pequeno restaurante num beco da Harajuku, de nome Eatrip (viagem de comida), que tem como chef Yuri Nomura, que, além de conduzir o pequeno estabelecimento que aparenta mais uma pequena casa no interior japonês, promove encontro com fornecedores de produtos orgânicos que utiliza. A foto que ilustra este artigo mostra um ambiente que não parece de Tóquio, e a chef reúne regularmente o grupo conhecido como Open Restaurant que inter-relaciona os que estudaram na Califórnia, nos Estados Unidos e que se interessam pela culinária.

clip_image001

Eating out: The best spot at Eatrip is the covered outdoor terrace, thick with greenery despite its Harajuku location. | ROBBIE SWINNERTON

Leia o restante desse texto »


Diversos Tipos de Atum Utilizados no Japão

26 de abril de 2013
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais, Gastronomia, Notícias, webtown | Tags: , ,

Makiko Itoh é uma autora conhecida que escreve regularmente no Japan Times e publicou um artigo mostrando que existe mais que um atum para sushi e sashimi, como já temos informado neste site. O chamado bleufin tuna (maguro) é o que considerado mais fino no momento, mas existe uma preocupação com a sua extinção dada a sua pesca exagerada, o que está levando até a sua criação. Mas, ele se tornou mais popular no Japão somente no século XX. Antes, o mais preferido era o chamado skipjack tuna (katsuo) que também é conhecido internacionalmente como bonito. Na Associação de Pesca do Japão, tive a oportunidade de conhecer um cartaz que trazia mais de 15 espécies diferentes de atum, de dimensões que vão desde próximo a 500 quilos até os menores de poucos quilos.

Katsuo é um dos peixes mais importantes no menu japonês, seco e fermentado torna-se o chamado katsuobushi (duro como uma pedra), um dos ingredientes fundamentais da culinária japonesa, de onde são extraídos os principais molhos depois de ralados em finas tiras. Mas a autora informa que é consumido como um petisco para acompanhamento de bebidas conhecido como tsukudani, preservado num molho doce-salgado, ou como o chamado shiokara, curado em sal, mas pode ser consumido revestido de farinha e frito, e também cru na forma de sashimi. A forma mais popular é servida hoje como tataki – ligeiramente tostado no fogo do lado de fora, havendo variações da forma do tostado como na província de Kochi, numa palha cheirosa.

katsuo0547582083_c6f74c91ef

Katsuo e o prato Katsuo no Tataki

Leia o restante desse texto »


Artigo Sobre Seiji Ozawa no Japan Times

24 de abril de 2013
Por: Paulo Yokota | Seção: Cultura, Editoriais, Notícias, webtown | Tags: , , ,

O Japan Times publicou um artigo sobre o consagrado maestro Seiji Ozawa baseado numa entrevista concedida à agência a AFG. Há mais de 50 anos este talentoso músico pretendia viajar para a Europa e somente contou com o patrocínio da Fuji Heavy Industries naquela época. Ele percorria de bicicleta com uma bandeira do Japão para divulgar este país que estava emergindo no pós-guerra. Na França, conheceu o maestro Charles Munch que foi o diretor musical da Orquestra Sinfônica de Boston e se tornou o seu grande mentor, ao se apresentar num concurso em Besancon, no leste da França.

Ele foi premiado, e com a ajuda de Charles Munch permaneceu como maestro principal da Orquestra Sinfônica de Boston por 29 anos, até 2002. Outro que o ajudou foi o maestro Herbert von Karajan, o principal da Filarmônica de Berlim, que convidava anualmente Seiji Ozawa como maestro convidado. Os músicos orientais eram pouco conhecidos na Europa, e não havia nenhuma tradição naquela parte do mundo na época. Foi também chamado por Leonard Bernstein para reger a Filarmônica de Nova Iorque. Ele se apresentou em todo o mundo, inclusive em São Paulo já há algum tempo.

ozawa-seiji-reuters-RTXE071

Maestro Seiji Ozawa

Leia o restante desse texto »