Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Os Planos da Uniqlo no Mundo

12 de Fevereiro de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Empresas | Tags: , , , , | 4 Comentários »

A cadeia japonesa de lojas de varejo Uniqlo é um grande sucesso, mesmo na crise atual. Numa entrevista para Mariko Sanchanta e Juro Ozawa, do Wall Street Journal, publicado no Valor Econômico, o seu criador e presidente Takeshi Yanai expõe os seus ousados planos para uma expansão universal.

Com sou seu consumidor habitual há décadas, tenho condições de aplaudir baseadamente as suas intenções, tentando que a América do Sul seja incluída nos seus planos.

A Uniqlo iniciou suas atividades vendendo roupas que não tinham nenhuma grife. Elas são práticas e mais baratas, produzidas na China. Usa os seus próprios modelos simples e matérias-primas de boa qualidade provenientes do mundo globalizado. Como os jeans. Hoje, a sua linha de produtos é um pouco mais sofisticada, de bom gosto, mas simples. Não agradam os grandes designers, mas os clientes.

Suas lojas no Japão estão sempre cheias de clientes. E hoje atende a todas as faixas do mercado, e seus produtos são baratos para os padrões do mercado japonês, e muito duráveis. Começou recentemente sua aventura internacional, mas ainda sem um grande sucesso.

Agora, anuncia que pretende aquisições de outras redes, disposta a investimentos da ordem de US$ 11 bilhões, que para o varejo é muito respeitável. Entende que a aquisição de redes já existentes é uma forma mais rápida de expansão. Fala em prioridades nos Estados Unidos e na Europa, que já contam com mercados consolidados. Já possuem lojas na Ásia.

Seus produtos são adequados ao mundo emergente, que tem uma faixa respeitável de consumidores que não fazem questão de grifes consagradas.

A sua vinda para o Brasil é uma questão que deve interessar às autoridades japonesas, a fim de provar também que podem ser eficientes nos varejos, em mercados que são extremamente criativos, mas sempre possuem uma faixa menos ousada de consumidores.


4 Comentários para “Os Planos da Uniqlo no Mundo”

  1. marcos toshio okuti
    1  escreveu às 00:37 em 15 de Fevereiro de 2010:

    Bom dia Srs., o nome da rede citada na materia OS PLANOS DA UNIQUO NO MUNDO – nao eh UNIQUO e sim UNIQLO.

    Com certeza, em breve eles vao estar no Brasil – hoje no Japao, o Brasil eh considerado o mercado emergente mais atraente do Mundo.

    http://www.uniqlo.com/jp/

  2. Paulo Yokota
    2  escreveu às 02:10 em 15 de Fevereiro de 2010:

    Caro Marcos Toshio Okuti,

    V. está correto sobre o nome da rede de roupas. O nome correto é UNIQLO. Na entrevista do seu presidente não se menciona o Brasil, mas a nossa esperança é que algumas lojas sejam instaladas por aquí.

  3. Andrea Saemi
    3  escreveu às 15:23 em 13 de outubro de 2010:

    Sem duvida esta marca UNIQLO é muito boa. Sem contar que os produtos dela sao acessiveis e de boa qualidade. Eu morei no JPN e toda vez que precisei de comprar roupa, a primeira loja que vinha na minha mente era UNIQLO. Gostaria muito que abrissem lojas aqui no RJ.

    Andrea

  4. Paulo Yokota
    4  escreveu às 16:05 em 13 de outubro de 2010:

    Cara Andrea Saemi,

    Realmente, no início eram lojas mais populares, mas hoje atingem todas as classes que desejam roupas boas a preços acessíveis. Eles começam a enfrentar dificuldades na China onde produzem o que vendem. Eles têm planos para instalação no Brasil, mas ainda preferem grandes metropoles mundiais, mas estamos fazendo força para que se instalem também no Brasil.

    Paulo Yokota


Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: