Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Embalagens Criativas e Comestíveis

4 de agosto de 2020
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Gastronomia | Tags: , , , , | 2 Comentários »

clip_image002Diante do aumento da entrega de refeições preparadas nas residências e escritórios, os japoneses produtores de embalagens criaram algo atrativo, como os comestíveis, evitando lixos que aumentam neste período, cuja eliminação sempre gera problemas ecológicos.

Embalagens comestíveis semelhantes a biscoitos criados pela empresa Taisei, no Japão. Foto constante do artigo publicado no site de Japan Today, que vale a pena ser lido na sua íntegra

Leia o restante desse texto »


Cientista Brasileira na Internet Quântica

3 de agosto de 2020
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias | Tags: , , ,

Quando vi no artigo de Clarice Cudischevitch, que escreve para a coluna Ciência Fundamental da Folha de S.Paulo, o nome Samurai Brito, logo pensei que haveria algo relacionado com os japoneses, mas não sabia que era também um nome indígena que significa “fruta doce”. O seu avô era descente de indígenas e a avó de ciganos e casada ainda quando estudante ficou grávida, o que se repetiu durante seus cursos, mas continuou se empenhando com grande clip_image002afinco nos estudos, chegando a receber uma bolsa da CNPq até completar o seu doutorado na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, enfrentando os preconceitos de uma mulher nordestina com filhos.

Samurai Brito, pós-doc do Instituto Internacional de Física, Natal, Brasil

Leia o restante desse texto »


A Diversidade do que se Possa Fazer

3 de agosto de 2020
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais e Notícias | Tags: , , ,

Todos os analistas e autoridades ficam imaginando o que seria possível fazer para enfrentar a atual crise mundial que pode ter sido desencadeado a partir do setor de saúde, mas se estende pela política e a economia, dentro da aspiração geral de atender aos mais frágeis prioritariamente, aqueles que estão mais sujeitos aos seus efeitos deletérios. Mas, como as diferenças culturais entre os muitos países são acentuadas, parece difícil chegar-se a um razoável consenso do que seria mais recomendável, mesmo com as inovações criativas possíveis, parecendo mais seguro restringir-se inicialmente ao que já está funcionando ao longo do tempo.

Em muitos países, infelizmente, predominam no momento o caos, com as autoridades procurando adotar uma política popular e imediatista, visando a sua continuidade no poder. As medidas duras e realistas ficam somente em alguns discursos, sem que cheguem a ser implementadas, mesmo que elas tenham condições de gerar resultados mais seguros para o futuro. No Brasil, as autoridades pouco preparadas para situações difíceis tendem a optar por soluções emotivas, que aparentam não poderem ser suportadas pela dura realidade, mas são alimentadas por publicidades que abusam do uso das redes sociais, que utilizam até mecanismos duvidosos de seus financiamentos.

clip_image001

Uma favela em São Paulo, uma das dificuldades difíceis de serem resolvidas

Leia o restante desse texto »


Loucura Total da Bomba de Hiroshima

3 de agosto de 2020
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias | Tags: , , , , ,

Com as pesadas perdas das tropas norte-americanas nas batalhas de Okinawa, Guam e Iwo Jima, os americanos avaliavam que a invasão das principais ilhas que formam o arquipélago que é o Japão implicaria em inestimáveis mortes, pois os soldados japoneses sacrificariam as suas vidas, mas não se rendiam. Apesar da guerra do Pacífico já estar no seu fim, os russos avançavam pelo Norte e os Estados Unidos que mal conheciam os possíveis efeitos das bombas atômicas decidiram por lançá-las em Hiroshima e Nagasaki. Tanto não sabiam exatamente quais eram os seus impactos que nas provas posteriores feitas em Bikini, no Pacífico, partes das próprias tropas norte-americanas foram colocadas a distâncias variadas dos locais de sua explosão para avaliação mais segura dos seus potenciais estragos. Era uma clip_image002loucura total, onde cientistas, que fugiram da Europa e do nazismo e fascismo, colaboraram no projeto dos militares norte-americanos. Estima-se que somente em Hiroshima as vítimas foram mais de 130 mil mortos.

A bomba atômica explode no ar, mas suas consequências se espalham pela cidade e sua população

Leia o restante desse texto »


Dificuldade do Déficit Fiscal Difícil de Ser Superado

3 de agosto de 2020
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Política | Tags: , , ,

Há uma discussão pouco clara sobre o déficit fiscal agravado pelos gastos adicionais indispensáveis como a crise do coronavírus, notadamente no Brasil, sem que haja disposição real para um novo sistema que funcione por alguns anos. Como o corte de despesas é politicamente difícil, bem como o aumento da carga tributária, acaba-se criando termos como a necessidade de uma reforma tributária que exigiria, no mínimo, tributaristas que cada vez são mais raros no país, pois a questão não é simplesmente econômica ou política. A confusão semântica acaba sendo utilizada para superar medidas necessariamente amargas.

clip_image002

Estados Unidos da América é uma Federação e seu imposto mais importante é sobre vendas

Leia o restante desse texto »


Queda Brutal da Economia Norte-Americana

3 de agosto de 2020
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais e Notícias | Tags: , , ,

Os recentes artigos publicados no Brasil não são precisos, mesmo se tratando da economia norte-americana, não se fornecendo a fonte das estimativas atuais de queda do PIB. De qualquer forma, como efeito da pandemia do coronavírus, tudo indica que o primeiro semestre não foi bom para os Estados Unidos, informando ter chegado no segundo trimestre deste ano até próximo a um terço de redução da sua economia. Isto levou o jornalista brasileiro Renato Andrade, de O Globo, a usar a expressão de James Carville na campanha eleitoral de 1992, que ficou famosa: “é a economia, estúpido”. George Bush (pai), republicano, acabou sendo derrotado por Bill Clinton, democrata, naquela época.

clip_image002O fato concreto é que o presidente Donald Trump propôs imediatamente o adiamento das eleições, o que depende dos parlamentares daquele país, que contam com maioria de democratas, sendo praticamente impossível de ser aprovado.

Presidente Donald Trump contrariado com a estimativa de queda do PIB dos Estados Unidos.

Leia o restante desse texto »


Organismos Eficientes Para Tarefas Sociais

30 de julho de 2020
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias | Tags: , , , ,

Mesmo com eventuais desvios que deveriam ser combatidos pelo governo, a maioria das entidades chamadas do sistema S, como o SESC, SESI e assemelhadas, presta com eficiência serviços que as entidades oficiais não conseguem. Muitos do governo acham que estes recursos obtidos com percentual da folha de pagamentos deveriam ser reduzidos ou eliminados, o que seria lamentável. O SESC fornece alimentação subsidiada há mais de sete décadas e hoje se empenha para atender gratuitamente aos mais necessitados.

clip_image002

As comedorias do SESC funcionam há dezenas de anos

Leia o restante desse texto »


Exagerada Parcialidade da Televisão

30 de julho de 2020
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Imprensa | Tags: , , , | 4 Comentários »

Um artigo publicado por Mauricio Stycer, crítico dos programas de televisão, na Folha de S.Paulo, trata da parcialidade de dois canais de televisão, a Globo e a Record, baseados na programação do último domingo à noite. O programa Fantástico, da Globo, teria dedicado 32 minutos, ou seja, 22% do programa para tratar do problema da coronavírus e suas consequências, o que tem sido apontado como parcialidade contra o governo. Na Record, no clip_image001Domingo Espetacular, 12 minutos ou 5% do tempo teriam sido dedicados ao que está acontecendo na Nova Zelândia no que se trata desta pandemia, que tem proporcionado bons resultados, que poderia ser considerada uma parcialidade a favor do governo.

Mauricio Stycer, um crítico dos programas de televisão

Leia o restante desse texto »


Expectativa com a Publicação dos Originais de Carolina

29 de julho de 2020
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Literatura | Tags: , , ,

Fernanda Canofre publica um artigo excepcional na Folha de S.Paulo sobre este raro e importante assunto. Na versão eletrônica disponível no site da Folha existem pouquíssimas diferenças da versão escrita do jornal. Carolina Maria de Jesus tinha, segundo o artigo, um impulso para escrever sobre o cotidiano da favela em que morava para o que tinha um talento inato. Quando ela levou para a Folha estes originais em 1941 foi informada que ela era poetisa, que pensou inicialmente tratar-se de uma espécie de doença. No bonde que tomou para voltar ao seu barraco perguntou a um passageiro o que significava poetisa e foi informada que era “uma mulher que tem pensamento poético”. Ficou mais aliviada, mas achou que não era conveniente informar isto para seus vizinhos. O artigo informa que ela escrevia para aliviar o cérebro e conseguir dormir.

clip_image002A autora Carolina Maria de Jesus ao lado do rio Tietê, em frente à favela do Canindé, onde morava quando do lançamento do seu livro “Quarto de Despejo”, constante do artigo publicado na Folha de S.Paulo, que merece ser lido na sua íntegra

Leia o restante desse texto »


Telemedicina Para as Cidades do Interior

29 de julho de 2020
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Saúde | Tags: , ,

Todos sabem que os grandes problemas com a pandemia coronavírus no Brasil estão se deslocando das grandes metrópoles para as cidades do interior. Para que as autoridades locais decidam o que fazer com seus pacientes, o Instituto Votorantim está selecionando 10 municípios que tenham cidades com mais de 350 mil habitantes para serem dotados do sistema de telemedicina que os ajudem nas suas decisões, acompanhando a evolução dos pacientes ao longo do seu tratamento. O assunto foi tratado por Matheus Moreira num artigo clip_image002publicado no site da Folha de S.Paulo. O programa é chamado de Laura P.A. Digital e a seleção das cidades será feita com base no edital que está sendo divulgado pelo Instituto Votorantim.

A central de atendimento está localizada em Porto Alegre, segundo o artigo publicado na Folha de S.Paulo, que vale a pena ser lido na sua íntegra

Leia o restante desse texto »