Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Pesquisas Sobre Emoções dos Compradores

18 de Maio de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Cultura | Tags: , ,

Todos os publicitários sabem a importância que as emoções exercem nas motivações dos consumidores. A consagrada agência japonesa Hakuhodo divulgou no jornal Nikkei uma ampla pesquisa com seis mil homens e mulheres sobre as emoções positivas e negativas associadas a 20 palavras onomatopaicas.

O idioma japonês é mais rico que as ocidentais no uso destas palavras. E emoções dos consumidores como “feliz” ou “triste” foram associadas a estas palavras onomatopaicas. É evidente que esta pesquisa só serve para o mercado japonês, mas a metodologia pode ser adaptada a outras culturas, que devem apresentar resultados similares, que podem ser utilizados em anúncios nas rádios, televisões, jornais e revistas, como já se faz usualmente.

Palavras negativas com o significado de “irritado”, “nojo”, “farto”, ou positivas como “aliviado”, “quente”, “prazer” também foram identificadas. A pesquisa mostrou que existem diferenças por sexo. As mulheres são motivadas mais por palavras, enquanto os homens pelo que vêem.

Isto tudo pode parecer esotérico, mas especialistas informam que o conhecimento de palavras onomatopaicas relacionadas com diferentes emoções pode ajudar no marketing, com materiais utilizados nos pontos de venda. Num display pop, as palavras mais poderosas podem motivar as mulheres, enquanto os homens podem ser movidos por cenas que evocam momentos felizes.

Os publicitários japoneses afirmam que os produtos devem visar estas emoções desde o seu design, quando os consumidores podem se sentir mais animados ou atualizados.

Existem publicitários que possuem a habilidade de identificar ou elaborar textos que despertam mais emoções ou imagens que provocam estas reações, e pesquisas isoladas certamente já são efetuadas. Mas envolvendo uma amostra tão grande como a citada neste artigo, parece uma novidade.

O fato concreto é que a publicidade sul-americana, principalmente a brasileira, tem levantado muitos prêmios em consagrados eventos internacionais, mostrando que existe uma grande criatividade nesta parte do mundo, capaz de motivar muitos consumidores. Os que vivem nos trópicos tendem a ser mais emotivos, enquanto os asiáticos procuram ser mais racionais. Se a emoção já é um instrumento importante por lá, é mais ainda por aqui.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: