Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Entrevista de Klaus Schwab Para a Folha

16 de Março de 2018
Por: Paulo Yokota | Seção: Cultura, Editoriais e Notícias | Tags: , ,

clip_image002A entrevista concedida a Maria Cristina Frias e Luciana Coelho da Folha de S.Paulo por Klaus Schwab não conseguiu extrair do criador do Fórum Econômico Mundial toda a rica visão que ele certamente tem ao se situar estrategicamente nas importantes discussões que se travam no mundo atual.

Klaus Schwab criador do Fórum Econômico Mundial dá uma entrevista para a Folha de S.Paulo

O entrevistado procurou aproveitar algumas questões gerais que foram colocadas pelas entrevistadoras e que se referem às questões mais agudas e momentâneas, quando posições mais profundas e substanciosas de impacto em longo prazo são certamente do seu conhecimento. Ele referiu-se às turbulências recentes, a posição da América Latina e do Brasil, mas poderia expressar suas opiniões aos desenvolvimentos tecnológicos diante dos desafios que se apresentam recentemente, bem como as preocupações geopolíticas que se colocam, além do nível e distribuição do bem-estar da população mundial.

Citou Cingapura, como tem ocorrido neste site, com um caso interessante de ensino que estimula a criatividade, com desafios para reagir com soluções que não podem ser encontradas pelo uso da internet, incluindo a inclusão social dos menos favorecidos. Pode esboçar ideias gerais sobre o uso da inteligência artificial quando sujeito às limitações humanas com sentimentos, intuição e empatia, onde as aptidões femininas podem ser importantes no futuro.

Todos sabem que contribuições dos entrevistados dependem fortemente das colocações das entrevistadoras que aparentam experiências ainda modestas, ainda que de elevado potencial. O mundo atual passa por uma fase de grande turbulência que pode resultar em novas posições criativas, mesmo com todas as limitações existentes. Não se trataria mais dos conceitos como de direita e esquerda, mas daqueles que estão apegados ao passado e os que se voltam para o futuro, que depende da educação, como colocando antes das respostas da entrevista.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: