Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Do Shojin Ryori Para o Cotidiano

5 de Março de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Gastronomia | Tags: , ,

clip_image002[4]  clip_image002[6]  tanahashi

Cozinha do chef Toshio Tanahashi, especialista em “Shojin Ryori”

O Shojin Ryori, simplesmente entendido como a culinária vegetariana natural japonesa de inspiração budista, que visa o bem-estar global de todos, notadamente a saúde dos seres humanos, ganhou uma dimensão sonhada por muitos.

Paralelamente ao da alta gastronomia, verifica-se pela sua literatura e prática que grande número dos seus pratos já fazem parte do cotidiano da comunidade nipo-sul-americana, justificando a fama que é saudável. E que vai se espraiando por toda a população, com rapidez surpreendente.

Começando de produtos derivados da soja, o shojin ryori evita alimentos que utilizem adubos ou defensivos químicos, que sempre deixam resíduos indesejáveis nos seres humanos. É intenso o uso de tubérculos e vegetais que contêm comprovadamente componentes que fazem bem à saúde, com destaque para a berinjela, o gergelim e a bardana.

É intenso o uso de cogumelos e algas. A grande combinação de cereais, pastas, molhos e conservas enriquecem tanto os seus aspectos nutritivos como a elevada qualidade do seu sabor discreto, muitos quase zens.

Utilizando adequadamente as matérias-primas baratas e disponíveis no campo, sofreu contribuições do que se dispõe naturalmente nesta região do globo terrestre, que eram conhecidas desde os incas, que salvaram a humanidade da fome com seus tubérculos, como a batata.

Na medida em vai sendo apreciada por amplos segmentos da população mundial, vai incorporando e evoluindo, num rápido processo de “fusion”, contribuindo para a alimentação cotidiana da população.

Não precisa ser exclusiva, pois muitos apreciam a boa carne como os peixes e frutos do mar, que não são utilizados pelos budistas mais ortodoxos. Mas para os que não vivem nos mosteiros, enriquecem a já ampla diversidade alimentar sadia.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: