Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Eventos de Cúpula Criam Expectativas

12 de Abril de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Notícias | Tags: ,

Eventos de cúpula, como os que serão realizados nesta semana, reunindo países mais importantes do mundo, representados pelos seus chefes de Estado ou chefes de Governo, criam expectativas naturais alimentadas pela imprensa.

Os mais importantes dirigentes de cerca de 50 países estão em Washington para a Cúpula da Segurança Nuclear, da qual se espera medidas adicionais para reduzir os armamentos nucleares existentes e a sua disseminação pelos países que não os possuem, com a preocupação concentrada nos terroristas.

Outro encontro será realizado no Brasil, reunindo os representantes máximos dos países componentes do BRIC, que ganharam recentemente maior importância no cenário internacional.

Desde a última reunião realizada em Copenhagen, tendo como tema o aquecimento global, sem que resultados concretos tenham sido alcançados, a opinião pública parece ter certo ceticismo com estes eventos de cúpula. Ainda que estejam sendo preparados pelas cúpulas diplomáticas dos diversos países, seus interesses são divergentes, até antagônicos, muitas vezes.

São temas complexos, e o mínimo de identidade de posições não chega a ser atingido. Não há, ainda, um grupo de países capazes de superar as diferenças existentes, induzindo os demais a aceitarem fazer concessões, pois os interesses chegam a ser conflitantes.

No caso dos BRICs, as distâncias físicas que os separam são grandes, e apesar de todos possuírem dimensões geográficas e serem emergentes, poucos interesses os unem, a não ser o objetivo de contarem com maior capacidade de influências nas grandes decisões mundiais.

É evidente que estas oportunidades são aproveitadas para promover uma série de encontros bilaterais, que sempre têm agendas de interesse comum. No entanto, não se pode imaginar que entendimentos sejam atingidos rapidamente, pois muitos são concorrentes entre si no mercado internacional.

Mesmo com certo ceticismo, sempre o encontro de líderes importantes pode proporcionar alguns resultados, no mínimo esclarecer posições. Todos são tão ocupados e estes eventos exigem mobilizações de equipes de auxiliares, e ninguém está a fim de perder tempo e dinheiro.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: