Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Novos Desenvolvimentos de Casas Inteligentes

23 de Maio de 2011
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia | Tags: , ,

O jornal econômico japonês Nikkei noticia um futuro brilhante para as casas inteligentes que estão sendo construídas principalmente depois dos recentes terremotos no Japão. Uma nova geração de casas amigas do meio ambiente, equipadas com as mais avançadas tecnologias de energia limpa e informações, está atraindo as atenções dos consumidores, mostrando que eles estão conscientes das vulnerabilidades no fornecimento de energia.

Estas casas inteligentes estão desenvolvendo uma indústria para atender as limitações do fornecimento de energia neste próximo verão, depois do terremoto que nocauteou as plantas-chaves de fornecimento de energia nuclear. Muitos consumidores estão dispostos a pagar um custo extra para aumentar a energia eficiente.

Nni20110523D23VS556104664Nni20110523D23VS556104665

Hiroshi Komiyama mostra sua casa / Esquema de uma casa inteligente. Fotos: Nikkei

A casa do senhor Hiroshi Komiyama, chairman da Mitsubishi Research Institute, é das mais avançadas na economia de energia. Instalou umas paredes insulares e janelas duplas. Segundo ele, o tempo de uso do ar condicionado declinou rapidamente. Ele consegue água quente com uma nova tecnologia, seu refrigerador é econômico e o seu consumo de energia caiu 58%.

Ele gera energia solar para atender 50% do seu consumo doméstico, e ainda vende parte para a companhia distribuidora de energia, conseguindo uma receita adicional. Conseguiu recuperar os investimentos iniciais efetuados em 12 anos. Atualmente, com os incentivos fiscais do governo, os painéis para captação da energia solar caíram sensivelmente de preço.

Uma empresa de construção instalou um sistema de captação de energia solar num condomínio e a conta de energia está à metade do que se verifica na vizinhança. As casas inteligentes estão dotadas com sistemas de informações que melhoram os problemas de alocação dos excessos de energia nos dias ensolarados durante o dia, bem como de todos os equipamentos que estão utilizando energia na residência.

Outras empresas construtoras estão vendendo imóveis dotados de baterias para armazenar energia durante o dia, para uso noturno. E empresas automobilísticas estão carregando energia na residência para seus carros elétricos.

Estimam-se estas casas inteligentes com todas as suas tecnologias representem um patrimônio de 18,53 trilhões de ienes em 2020 no Japão, ou seja, mais de US$ 280 bilhões, uma cifra nada desprezível.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: