Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Produtos Disponíveis em São Paulo Para a Culinária

8 de Fevereiro de 2012
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais, Gastronomia, Notícias, webtown | Tags: , ,

Existem alguns artigos simples, como este da Paola Deodora, postados pelo IG que fornecem muitas informações sobre bons materiais que são utilizados na alta gastronomia. O artigo menciona que são estabelecimentos comandados por renomados chefs como Bel Coelho, do restaurante Dui, Helena Rizzo, do Mani, e Chico Ferreira, do Jazz, restaurantes que sempre apreciamos pelos bons pratos que oferecem. Todos sabem que os bons pratos sempre exigem ingredientes da melhor qualidade, que são elaborados com a arte e engenho destes alquimistas que sabem combinar adequadamente os mesmos, com os demais elementos utilizados, sem abusar exageradamente dos molhos.

Tomamos a liberdade de acrescentar algumas observações e recomendações complementares, pois sempre existem alternativas para bolsos diferentes, mesmo que não se conte com o conforto de receber estes ingredientes em suas casas, e existam alguns substitutos locais que podem atender até os consumidores mais exigentes.

Como as ilustrações sempre são difíceis de serem providenciadas, citamos abaixo a forma de acesso às informações do IG de forma direta e completa, que inclui algumas fotos dos produtos sugeridos.

http://luxo.ig.com.br/altagastronomia/os-enderecos-preferidos-dos-chefs/n1597606277580.h

O primeiro ingrediente mencionado é o famoso queijo Serra da Estrela, de Portugal, que é muito apreciado internacionalmente. Como é um DOP (denominação de origem protegida), só pode ser daquela região e preparado com leite de ovelha cru, apresentando-se com o seu interior derretido. Uma alternativa brasileira, que certamente não tem a mesma qualidade, mas é bastante apreciada, é o queijo da Serra da Canastra, que pode ser encontrado no Lá na Venda, na Vila Madalena.

O seguinte é o bacalhau denominado cod gabus moshua ou cod gadua macrocephalus do tipo imperial. Também pode ser encontrado nos estabelecimentos localizados na Rua Santa Rosa, na proximidade do Mercado Municipal de São Paulo. Hoje, o Valor Econômico noticia que o Bacalhau Dias, de Avieiro, Portugal, lançou em 2004 o lombo de bacalhau dessalgado congelado no Brasil, cuja demanda está crescendo, além da posta lateral, o bolinho de bacalhau e carpaccio, disponível na Casa Santa Luzia.

Outro item mencionado são os diversos tipos de café que podem ser encontrados no Coffee Lab, da Isabela Raposeiras, na Vila Madalena, em São Paulo, que vale uma visita, pois apresenta muitas alternativas interessantes, sendo possível apreciar o seu preparo, incluindo a possibilidade de preparar o seu blend preferido.

O item seguinte é o chocolate belga, nas suas diversas apresentações, que é sempre apreciado, mas que conta com concorrentes à altura, como os suíços, aparecendo também alguns nacionais bastante razoáveis, de produção caseira. Afinal, muitas das matérias-primas utilizadas para a sua produção contam com produções da Amazônia brasileira.

Outra sugestão do artigo postado no site são as carnes nobres e exóticas, que dependem muito dos que os vão apreciar, dada a sua ampla variedade. Existem aqueles que preferem produtos como os do wagyu, que também estão sendo produzidos no Brasil, ainda que não tenha a mesma qualidade da japonesa. Mas outros preferem as maturadas nacionais de zebuínos, que apresentam sabores mais marcantes, sendo que as de caça necessitam de tratamentos especiais, pois muitos podem apresentar sabores rústicos fortes.

Tem aumentado no Brasil a oferta de diversas carnes, como as de ovelha, patos, codornas, faisões, e outros produtos de alto valor, mas também os de preços mais convenientes como os de emas e variações. Os mais exóticos costumam exigir técnicas de preparos mais elaborados com usos de especiarias.

O artigo menciona ainda alguns estabelecimentos consagrados como o Empório Santa Luzia, que apresenta uma ampla variedade de opções dos mais variados produtos, como o Empório Chiapetta de longa tradição. Os frios de alta qualidade ainda continuam sendo importados, como os provenientes de diversas regiões da Itália, mesmo com a pequena produção artesanal local.

Citam-se ainda os locais onde podem ser encontradas especiarias, mas nada que chegue perto de Istambul ou em diversos centros asiáticos, cujas variedades impressionam a qualquer visitante.

Viajando pelo mundo, muitos ficam impressionados com as variedades dos pescados e outros materiais oferecidos na região de Tsukiji, em Tóquio, que chega a ser um bairro onde se podem encontrar tudo que se necessita para a melhor culinária mundial.

Muitos chefs consideram a visita ao Mercado Municipal uma necessidade, ainda que contem com fornecedores regulares que propiciam os materiais indispensáveis, que estão aumentando rapidamente em quantidade e qualidade. Mas tudo ainda é limitado quando considerado o amplo mercado que é o Brasil todo, desde a Amazônia, Nordeste, Cerrados, Pantanal, Sudeste e Sul, com uma biodiversidade somente parcialmente aproveitada na culinária brasileira, que pode ser tão rica como a chinesa.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: