Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Visita Diferenciada de Julia Gillard ao Japão

25 de Abril de 2011
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais, Notícias | Tags: , , | 2 Comentários »

Normalmente, as visitas oficiais de governantes estrangeiros ao Japão visam o simples incremento do intercâmbio, apresentando as solidariedades tradicionais às autoridades japonesas, depois dos desastres recentes. Roberto Tongu, do Web-Town, recomendou-me Terrie Loyd, um jornalista estrangeiro diferenciado que mantém o site www.terrie.com de onde retirei uma cobertura de parte da visita da primeira-ministra da Austrália, Julia Gillard, ao Japão, que percorreu também a devastada cidade de Minami Sanriku.

Num jantar beneficente em Tóquio, Julia Gillard, que era a convidada de honra, fez um discurso que tocou no coração dos presentes, parlamentares e outros dignitários que ficaram com a sua mensagem gravada. Conseguiu fortalecer com atos a amizade entre os dois países. Ela determinou que a embaixada da Austrália providenciasse a sua visita à região afetada do Japão, apesar dos riscos ainda existentes.

imagesCAA015MA

Primeira-ministra da Austrália, Julia Gillard

Algumas fotos da visita mostram o choque ela tomou vendo os destroços que restaram. Acompanhada do ministro dos Negócios Estrangeiros do Japão, Takeaki Matsumoto, ela encontrou-se com Jin Sato, o prefeito de Minami Sanriku, ele mesmo um sobrevivente. Sato se encontrava no centro de gerenciamento dos desastres quando acabou atingido pelo tsunami, junto com 30 outras pessoas. O prefeito e mais 10 sobreviveram presos às antenas do teto do centro. No dia seguinte, ele estava coordenando a assistência aos sobreviventes de sua cidade.

Outros países também manifestaram sua solidariedade e enviaram equipes de assistência, inclusive com tecnologias, além de recursos financeiros. Mas só ela foi pessoalmente à região afetada, com uma viagem muito oportuna.

Terri Loyd informa aos que residem no exterior que a vida em Tóquio já retornou ao normal. Os bares, restaurantes e os trens funcionam normalmente e até a escola internacional está com 80% dos alunos que já retornaram ao Japão. O abastecimento das lojas de suprimento de alimentos conta com todos os produtos usuais.

No nordeste do Japão continuam os trabalhos dos voluntários, e mesmo neste fim de semana equipes oficiais procuraram localizar os corpos das vítimas nas regiões mais afetadas pelas radiações. Os trabalhos de controle das radiações prosseguem com o uso de novas tecnologias.

No site de Terri Loyds dispõe-se de um vídeo que normalmente não é divulgado, pois a imprensa japonesa aceitou como uma auto-regulamentação evitar divulgações de cenas chocantes como as que foram apresentadas para Julia Gillard. Imagens que voluntariamente também nos abstemos de incluir neste site, ainda que continuemos a apoiar a reconstrução.


2 Comentários para “Visita Diferenciada de Julia Gillard ao Japão”

  1. naomi
    1  escreveu às 19:31 em 25 de Abril de 2011:

    Leve-se em conta que a Austrália não tem histórico de simpatia nem proximidade tradicional com o Japão; as relações comerciais / diplomáticas entre os dois países deslancharam em época muito recente. Ms.Gillard, além de política competente e estadista de grande visão, deve ser mulher de coragem e dimensão humana extraordinárias – o que franceses chamam “vraie brave femme” . Vai habitar definitivamente no coração dos japoneses.

  2. Paulo Yokota
    2  escreveu às 19:44 em 25 de Abril de 2011:

    Cara Naomi Doy,

    Estão aparecendo muitas estadistas, e parece que ela é uma delas.

    Paulo Yokota


Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: