Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Importância das Pesquisas no Brasil

22 de Maio de 2013
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais, Notícias, webtown | Tags: , ,

Um artigo publicado por Tarso Veloso no Valor Econômico informa sobre importantes descobertas efetuadas na Embrapa pela bióloga Juliana Dantas de Almeida. O artigo informa que foram patenteadas pelo INPI – Instituto Nacional de Propriedade Industrial, duas tecnologias, ambas chamadas “promotores” dos genes, uma que concentra nas folhas das plantas a presenças de proteínas transgênicas, chamadas “promotor específico”. E outra, denominada “promotor constitutivo”, que permite a manifestação da transgenia em toda a planta, mas menos intensa que o exemplo da soja RR – Round Ready, resistente ao glifosato.

Como se sabe desde que a Monsanto introduziu o RR, 90% das lavouras de soja no Brasil e nos Estados Unidos utilizam o transgênico, apesar da resistência de alguns consumidores. Com as novas descobertas, estas restrições sofrerão uma grande queda, por não envolverem as raízes e os grãos das plantas. Utilizando-se o promotor específico, somente a folha terá a capacidade de coibir o fungo que provoca a ferrugem.

juliana dantaslogo-embrap

Juliana Dantas de Almeida

A Embrapa vem sendo a instituição de pesquisa das mais importantes no Brasil, onde o setor agropecuário é relevante. Os investimentos feitos nesta instituição vêm proporcionando retornos que não só beneficiam o país, como seus conhecimentos estão sendo utilizados para ajudar países no exterior, como na África.

Com isto, contribui-se com a humanidade para minorar os problemas da fome, fornecendo sementes de elevada qualidade que se ajustam às diferentes áreas destinadas à sua produção. Hoje, a soja é possível de ser produzida desde o Rio Grande do Sul até o Maranhão, tornando o Brasil um dos mais importantes supridores internacionais deste produto.

A soja, sabidamente, contribui como importante fornecedor de proteína, além de servir como produtor de óleo comestível de boa qualidade. Serve também como ração e o seu consumo humano é elevado, começando da Ásia e se espalhando pelo mundo.

Uma cooperação nipo-brasileira ajudou a transformar o cerrado brasileiro, que era explorado extensivamente, numa das melhores áreas de cultura intensiva, onde mais que uma safra pode ser obtida por ano. O papel da Embrapa neste desenvolvimento foi vital.

O que se espera é que instituições semelhantes sejam multiplicadas no Brasil para mantê-lo competitivo, utilizando todos os recursos naturais disponíveis com elevada eficiência.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: