Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Distribuição de Renda nos Países Emergentes

23 de Fevereiro de 2011
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais | Tags: , , | 2 Comentários »

Cris Buckley, da Reuters, elaborou um interessante relatório especial sobre a visita do premiê chinês Wen Jinbao à vila de Zhaoyuan, na Província de Anhui, durante os feriados do Ano Novo chinês, dentro do “novo socialismo para o interior”, que visa à melhoria da distribuição de renda na China. Ele, que é conhecido como o Grande Pai, pela imagem de um homem do povo, só permaneceu lá quarenta minutos, para insatisfação da população local.

Os processos de desenvolvimento acelerado das economias emergentes, como da China e da Índia, infelizmente pioram a distribuição de renda, o que preocupa suas autoridades, principalmente agora que está se assistindo aos problemas do mundo árabe. A China conta com 720 milhões de habitantes rurais e seus trabalhadores migrantes que vão para conseguir trabalho temporário nos centros urbanos. Os idosos e as crianças que permanecem no interior dependem dos recursos enviados por estes migrantes.

13718216_21n

Premiê Wen Jinbao durante visita a Zhaoyuan

As vidas nestas áreas rurais melhoraram, mas em consequência do volume dos recursos enviados pelos que migraram para as grandes cidades do leste. Permitem a aquisição de televisores em cores e até de automóveis, mas a produção não tem se elevado com o trabalho somente dos idosos.

No ano passado, a renda rural cresceu 10,9% e o urbano 7,8%, mas a renda disponível nas regiões urbanas continua três vezes superior a do interior, e a tendência na década passada mostra que ela piorou consideravelmente. Nas regiões que contam com mais áreas cultivadas, as rendas agrícolas são maiores, mas no centro oeste chinês os agricultores estão pagando mais pelos alimentos, rações dos animais e fertilizantes. Existem subsídios para os equipamentos agrícolas, mas eles não estão em condições de adquiri-los.

O governo chinês procura melhorar a situação de saúde e educação destes pobres agricultores, e em 2006 eliminou tributos agrícolas impopulares. Uma pesquisa da Universidade de Indiana, dos Estados Unidos, utilizando uma equipe de pesquisadores chineses, indicou que no interior, entre 2002 a 2010, 69% das famílias informaram que tiveram alguma melhoria, 16% melhoraram bastante, e o restante se manteve no mesmo patamar ou piorou. Mas elas sentem a diferença com aqueles que trabalham nos centros urbanos é enorme.

Muitos residentes de Zhaoyuan mantêm as fotos de Mao Zedong, e afirmam que Wen Jiabao é um bom homem, mas deveria conhecer o que acontece lá em baixo…

Há muito que fazer para melhorar a distribuição de renda no meio rural para que não continue a ocorrer com as meninas chinesas no meio rural retratadas pela escritora Xinran no livro “Mensagem de uma mãe chinesa desconhecida”, referindo-se as mães das que foram mortas pelas famílias ou doadas para estrangeiros.


2 Comentários para “Distribuição de Renda nos Países Emergentes”

  1. diana oliveira
    1  escreveu às 18:00 em 13 de julho de 2011:

    eu acho que a ásia melhorou muito nesses tempos e assim ele vai crescer mais.sejam felizes.

  2. Paulo Yokota
    2  escreveu às 18:29 em 13 de julho de 2011:

    Cara Diana Oliveira,

    Infelizmente, na maioria dos países que passam por crescimentos expressivos, a distribuição de renda tende a piorar. O Brasil vem conseguindo um crescimento mediano, mas sua distribuição de renda vem melhorando. Na China como na Índia, todos melhoram, mas uns mais qualificados melhoram muito rapidamente, mais que os mais modestos.

    Paulo Yokota


Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: