Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Culinária Japonesa Boa e Barata

15 de Abril de 2014
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais, Gastronomia, Notícias | Tags: , ,

Duas notícias publicadas no Japão informam sobre a nova onda de disseminação do uso da carne de porco na culinária popular, afastando a imagem de que não é saudável e é comprovadamente de custo mais baixo quando comparado com os concorrentes, principalmente quando aquele país é atingido novamente pela praga da gripe aviária. Uma vez fui consultado por uma jornalista brasileira que passaria um período no Japão e ela que apreciava a culinária japonesa estava preocupada com o elevado custo do sushi e do sashimi, como se fossem de consumo cotidiano. Ficou aliviada quando descobriu que existiam ótimos pratos, mais baratos, que são consumidos nos almoços mais leves da maioria dos japoneses.

Um muito apreciado é o tonkatsu, uma costeleta de porco apresentada numa forma semelhante a da milanesa, de fritura profunda, mas leve, servido normalmente com um pouco de repolho cru picado, que ajuda a neutralizar sua gordura. Com uma tigela de arroz, um missogiru (sopa de soja) e um oshinko (conserva) completa uma boa refeição. Um artigo publicado por Robbie Swinnerton no The Japan Times informa que também existem estabelecimentos que os servem em elevada qualidade, até de um porco especial, que também pode ser apreciado no jantar.

clip_image002

Pigging out: The tonkatsu teishoku set at Butagumi Dining. | ROBBIE SWINNERTON

O ramen, de origem chinesa, é extremamente popular no Japão, notadamente em Kyushu, sudoeste da ilha principal do arquipélago japonês, sendo servido de muitas formas. O mais popular é o apresentado na forma de uma sopa com o molho preparado a partir do osso de porco, que se chama tonkotsu, e está se espalhando pelos países do Sudeste Asiático que possuem importantes contingentes de origem chinesa. Um artigo a respeito está sendo divulgado pelo Nikkei Asian Review.

A cadeia Ajisen Ramen, de Kyushu, é uma das pioneiras na divulgação do macarrão ramen servido com molho tonkotsu, tendo aberto a primeira filial em Taipé em 1994 e hoje conta com 700 lojas espalhadas por 13 países da região. Também usam uma pasta de soja e molho de soja, e podem ser encontradas em São Paulo no Aska, no bairro da Liberdade.

Hoje existem muitas outras cadeias de origem japonesa que estão se espalhando pelo Sudeste Asiático e seus principais apreciadores são os descendentes de chineses. Como também existem na região populações muçulmanas, estes ramens também são servidos com ingredientes como de frango, obedecendo todos os preceitos halal.

Todos estes pratos são mais que um fast food, sendo saudáveis, mas seus preços estão entre os mais competitivos, apresentando possibilidades de expansão em outros países emergentes e em desenvolvimento, que estão melhorando a sua alimentação.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: