Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Novas Técnicas Para Cultivos de Enguias no Japão

22 de janeiro de 2021
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Gastronomia | Tags: , , ,

Um artigo de Ryuzo Nakano foi publicado no Asahi Shimbun sobre novas técnicas para cultivo clip_image002das enguias, com o aumento de fêmeas que são mais apreciadas e têm volumes maiores que os machos. Os machos cultivados atingem 200 a 250 gramas, mas as fêmeas são maiores e suas carnes são mais saborosas, sendo mais demandadas no mercado.

Uma enguia fêmea, cultivada sob um novo método, é maior do que outra cultivada com a técnica convencional. Foto constando do artigo publicado no site do Asahi Shimbun, que vale a pena ser lido na sua íntegra

clip_image004Cientistas afirmam que um ingrediente alimentar comum aumenta as chances de enguias cultivadas se tornarem fêmeas, que são maiores, mais macias e mais saborosas do que as masculinas, além de mais abundantes. Foto constante do artigo publicado no site do Asahi Shimbun

Leia o restante desse texto »


Júri Escolhe Telma Shiraishi a Melhor Chef do Ano

3 de janeiro de 2021
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Gastronomia | Tags: , , , ,

Acredito que existem pessoas que fazem mais do se espera delas, se destacando e chamando a atenção de um júri formado por um jornal da importância da Folha de S.Paulo. Com pais que viviam em Paraibuna, nos arredores de São Paulo, foi aprovada no curso para estudar medicina na Universidade de São Paulo, mas acabou se desinteressando por esta carreira. Foi se associar ao chef Shin Koike para instalar o restaurante Aizomê, no bairro dos Jardins, na capital paulista, aperfeiçoando-se na culinária japonesa. Foi escolhida para conduzir o clip_image002restaurante da Japan House, na Avenida Paulista. Com a atual crise, iniciou o trabalho de  fornecer refeições gratuitamente aos necessitados.

Chef Telma Shiraishi, escolhida Chef do Ano por um júri formado pela Folha de S.Paulo, proprietária do restaurante Aizomê. Foto constante do artigo no site do jornal, que vale a pena se lido na sua íntegra

Leia o restante desse texto »


Delícias Japonesas Produzidas no Brasil

13 de novembro de 2020
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Gastronomia | Tags: , , , ,

Uma matéria publicada no Japan Today mostra que o caqui que é muito adstringente, depois de seco ao sol, fica doce e é muito apreciado pelos consumidores japoneses. A foto mostra este caqui em Katsuragi, na província de Wakayama, no Japão, que está sendo preparado para clip_image002as festas do fim e ano novo, sendo apreciados pelos consumidores, que no final acaba coberto pelo açúcar natural da fruta.

O caqui chamado biombo em japonês é seco ao sol, ficando com uma pequena camada de açúcar natural da fruta, sendo apreciado nas festas de passagem do ano pelos seus consumidores

Leia o restante desse texto »


Sucesso do Churrasco Coreano no Japão

24 de outubro de 2020
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Gastronomia | Tags: , , ,

Um artigo publicado Yuki Machino no jornal japonês The Mainichi informa que o yakiniku coreano está fazendo sucesso no Japão, mesmo na atual crise da pandemia. Tudo indica que existem razões para tanto, pois a carne no Japão é cara, sendo apreciada somente em ocasiões raras, normalmente para acompanhar bebidas, pois conta com o tempero forte dos clip_image001coreanos. A ventilação ajuda levar, eventualmente, os vírus para sair pelo teto, mas quando se trata de um grupo grandes, há que se tomar cuidados adicionais. Os grupos costumam ser hoje de familiares.

Existem pequenas variações do yakiniku coreano, dependendo do restaurante

Leia o restante desse texto »


Diferenças Culturais na Passagem do Ano

19 de outubro de 2020
Por: Paulo Yokota | Seção: Cultura, Editoriais e Notícias, Gastronomia | Tags: , , ,

Existem alguns países, como o Japão, que preparam com a devida antecedência as refeições da passagem do ano, chamado “osechi”, enquanto no Brasil costuma-se fazer tudo em cima do hora. Diante da pandemia do Covid 19, que inibe muitas pessoas procurarem os rclip_image002estaurantes em grupos para as comemorações da passagem do ano, em meados de outubro muitas empresas japonesas já planejam como superar as atuais dificuldades e até coseguirem aumento das suas vendas.

Uma refeição tradicional japonesa "osechi" para uma pessoa é mostrada nesta foto fornecida pela loja de departamentos Hakata Hankyu

Leia o restante desse texto »


Robotização Completa da Produção de Sorvete no Japão

3 de outubro de 2020
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Gastronomia | Tags: , , , ,

Existe em São Paulo, no bairro de Pinheiros, uma sorveteria que atrai muitos clientes, pois as casquinhas utilizadas são produzidas na hora. Mas, tanto na oferta de variados tipos de sabores como outras tarefas, os empregados são utilizados, quando hoje se procura reduzir os contatos humanos para se evitar as contaminações e redução dos custos trabalhistas. No clip_image002Japão, criou-se um robô de forma atrativa para os clientes para efetuar todos os serviços, sem contato humano. Os sorvetes estão servidos por preços abaixo dos brasileiros.

Feita a encomenda com um cartão, tudo o mais é executado pelo robô, segundo o artigo publicado site do jornal japonês Japan Today, que vale a pena ser lido na sua íntegra

Leia o restante desse texto »


Uma Nutriente Farofa Japonesa Chamada Okara

9 de setembro de 2020
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Gastronomia | Tags: , , , | 6 Comentários »

Mesmo no Ceagesp de São Paulo, quando ainda havia o tofu caseiro, era comum se oferecer gratuitamente uma pequena porção do chamado “okara”, um resíduo nutriente da produção do tofu, versátil que pode ser utilizado de diversas formas, até na culinária sofisticada. Quando os japoneses eram pobres, como antes da Segunda Guerra Mundial, tudo que podia ser aproveitado como alimento o era, dentro do conceito genérico do “motainai”, ou um desperdício se não fosse utilizado. Quando se produz hoje o muito popular tofu, esmaga-se a soja para do seu leite produzir-se o tofu, como uma espécie de queijo, restando o okara, saudável e versátil para preparo de muitos pratos, sendo que o mais simples é uma espécie de farofa.

Um artigo de Anisa Kazemi foi publicado no jornal japonês Japan Today informando que o okara é quase milagroso, com baixo teor de gordura, alto teor de cálcio, proteína e fibra alimentar, e, com poucos ingredientes adicionais de preferência dos consumidores, pode se tornar semelhante à farofa brasileira, versátil para variados usos. A sugestão do artigo é usar vegetais como a cenoura, a bardana ou cebolinha verde, podendo combiná-lo com cogumelos shitake, todos produtos saudáveis.

clip_image002

Okara, barato, nutriente e versátil, que pode ser aproveitado de formas variadas, até na gastronomia sofisticada.

Leia o restante desse texto »


Alcachofra em Plena Temporada no Brasil

27 de agosto de 2020
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais, Gastronomia | Tags: , , , , | 2 Comentários »

Muitos imigrantes que vieram para o Brasil trouxeram consigo hábitos alimentares dos seus países de origem. Os italianos, conhecidos pela sua cozinha, trouxeram muitos, incluindo a alcachofra, que é uma flor, cuja base é muito versátil e aproveitada em muitos pratos, dos mais simples até os mais sofisticados. Um pouco trabalhosa no seu adequado preparo, mas que pode ser apreciada isoladamente ou em combinação com outros ingredientes. Seus temperos podem ser adaptados às preferências dos seus muitos apreciadores.

image

Alcachofra recheada. Foto constante do artigo publicado no site do Estadão, que vale a pena ser lido na sua íntegra

A alcachofra recheada parece simples no seu preparo, que é razoavelmente longa, mas há que se retirar algumas de suas “folhas”, bem como os fiapos que ficam sobre sua base chamadas coração, devidamente recheadas. Estas folhas ainda contêm uma parte apreciável na sua parte inferior, com o devido molho que pode ser adaptado ao gosto dos consumidores. É a forma mais comum de consumir uma alcachofra.

Mas, também, as alcachofras de tamanho médio são consumidas simplesmente com um molho ácido de um limão, quase na forma de uma entrada. Ela é apreciada aos pouco, aguçando o apetite para os pratos que costumam segui-las.

image

Alcachofra ao vinagrete. Foto do artigo no Estadão

Na cozinha de origem italiana não pode faltar uma massa, e a alcachofra pode fazer parte do seu tempero, junto com o funghi. Mas com o preço atual deste cogumelo, muitos o substituem pelo shitake de origem japonesa.

image

Penne com alcachofra e shitake. Foto no artigo do Estadão.

Neste artigo publicado no Estadão, muitos chefs consagrados no Brasil apresentam variados pratos incluindo a alcachofra, combinando com outros ingredientes, como carnes, massas, feijão branco e até vegetais, dando uma demonstração de sua diversidade na adequada combinação com outros produtos.

Em todos eles, a sua presença é suave, sofisticada, dando um toque diferenciado, capaz de agradar aos consumidores que evitam pratos com sabores exagerados, como os mais comuns nos países tropicais.


Churrasco Brasileiro Para Viagem no Japão

17 de agosto de 2020
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Gastronomia | Tags: , , ,

Um artigo preparado pela SoraNews 24, especializada em gastronomia no Japão, publicado no jornal japonês Japan Today, informa que a churrascaria brasileira Barbacoa desenvolveu um clip_image002kit completo para assar o churrasco em casa ou num piquenique. A Barbacoa de São Paulo já mantém em Tóquio um estabelecimento por décadas, mas com o atual problema gerado pelo coronavírus, lá também muitas refeições devem ser completadas em casa ou num jardim.

Churrasco da Barbacoa para ser assado em casa, com o uso de um kit completo. Foto constante do artigo no site do Japan Today, que vale a pena ser lido na sua íntegra

Leia o restante desse texto »


Embalagens Criativas e Comestíveis

4 de agosto de 2020
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Gastronomia | Tags: , , , , | 8 Comentários »

clip_image002Diante do aumento da entrega de refeições preparadas nas residências e escritórios, os japoneses produtores de embalagens criaram algo atrativo, como os comestíveis, evitando lixos que aumentam neste período, cuja eliminação sempre gera problemas ecológicos.

Embalagens comestíveis semelhantes a biscoitos criados pela empresa Taisei, no Japão. Foto constante do artigo publicado no site de Japan Today, que vale a pena ser lido na sua íntegra

Leia o restante desse texto »