Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

O Drama de Fukushima Continua Depois de 4 Anos

12 de Março de 2015
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais, Notícias | Tags: , , , | 1 Comentário »

clip_image001Já se passaram quatro anos dos lamentáveis terremotos, tsunami e contaminações radioativas da Usina Nuclear de Fukushima, e os problemas continuam para as sofridas populações locais.

 

Ilustração da contenção das águas que continuam sendo contaminadas

Uma notícia publicada por Kazuaki Nagata no The Japan Times informa, lamentavelmente, que, depois de quatro anos, a quantidade de água radioativa na Usina Fukushima Nº 1 continua atormentando diariamente com seu aumento. Ainda é um projeto da empresa Tepco duas medidas fundamentais: um muro de 1,5 km de extensão submerso no solo, congelado para cercar todo o complexo de forma que sua água contaminada não se misture, e a construção de poços para bombear esta água radioativa para tratamento final antes do seu lançamento para o Pacífico.

Cerca de 300 toneladas diárias de água contaminada continua sendo lançada ao mar e os pescadores não acreditam mais que as medidas daquela companhia tenham eficácia, pois, apesar das diversas promessas, as medidas cogitadas ainda não foram testadas.

De outro lado, das obras para construção de uma parede que proteja a população do tsunami nas províncias mais afetadas, Iwate, Miyagi e Fukushima, somente 8% estão concluídas, apesar das apressadas impressões que os japoneses fossem eficientes nas medidas de correção das condições locais. 55% estão em andamento e 37% estão pendentes, depois de todos estes anos.

Uma pesquisa efetuada pelo Yomiuri Shimbun com os residentes que retornaram à região, localizada nos limites de 20 quilômetros da Usina, 40% têm membros que não voltaram, continuando a viver em outras partes do Japão. Muitas escolas estão com a falta de alunos, as vilas estão tristes e vazias, terras agrícolas continuam contaminadas, os preconceitos com os produtos da região e os habitantes continuam, e as perspectivas não são brilhantes, apesar de muitos esforços de abnegados.

As seguidas promessas do governo Shinzo Abe continuam, agora com a elaboração de um plano quinquenal para resolver os problemas da região que continuam sendo uma chaga que desafia o povo japonês. O prestígio do Japão acaba ficando comprometido se não conseguir resolver os problemas mais agudos que deprimem o povo japonês e todos os que torcem por resultados mais concretos em todo o mundo.


Um comentário para “O Drama de Fukushima Continua Depois de 4 Anos”

  1. Rodolfo Dantas
    1  escreveu às 20:14 em 12 de Março de 2015:

    Com tantos terremotos, como o Japão utilizava (ou usa) energia nuclear? Qual o motivo? Que país evoluído é este?


Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: