Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Japan House Será Inaugurado em Maio em São Paulo

10 de Abril de 2017
Por: Paulo Yokota | Seção: Cultura, Editoriais e Notícias | Tags: , ,

clip_image002Um artigo de Antonio Gonçalves Filho foi publicado no Estadão, que vale a pena ser lido na íntegra. Ele traz que a Japan House, localizada na Avenida Paulista, em São Paulo, será inaugurada em maio próximo com a mostra de diversos objetos de bambu de alguns artistas japoneses. Este tipo de instalação se dispõe em poucas cidades do mundo, sendo a primeira em Paris, na França, estando programados outros em Londres e Los Angeles. (Objeto de bambu que será exposto na inauguração do Japan House em São Paulo em maio próximo. Foto constante no artigo no Estadão)

Na minha modesta opinião, o artigo do Estadão comete alguns pequenos deslizes quando coloca o título “Japan House explora artesanato com bambu e arte efêmera”. Pelo que aprendi no Japão, numa bolsa do governo japonês que nos levou a conhecer muitos ateliês de cerâmica naquele país, eles não diferenciam artesanato, que em português tem uma conotação diminutiva e repetitiva, da arte que envolveria no Brasil mais criatividade. Tudo que é feito manualmente no Japão é extremamente valorizado, pois mesmo aparentando uma repetição cada peça é um objeto de arte, não sendo totalmente igual à outra, como são os produtos de louça industrializada, ainda que sejam de alta qualidade como da Noritake. Não acredito que as peças feitas de bambu que duram centenas de anos possam ser consideradas como efêmeras, que no espírito japonês refere-se a algo muito fugaz, como a pétala das cerejeiras que acabam se espalhando pelo vento em poucos dias depois da florada.

Como as instalações físicas da Japan House no Brasil são alugadas do Bradesco, imaginava-se que não seria um empreendimento culturalmente expressivo. No entanto, começando com a exposição de objetos de bambu, que têm uma longa tradição no Japão, está se mostrando extremamente promissor. Na Expo Tsukuba 85, o Japão escolheu a cultura do arroz como motivo principal, ao lado do aço que foi desenvolvido para a construção do katana, a espada utilizada pelos samurais, indicando-as como símbolos da cultura japonesa. De forma idêntica, o bambu que cresce rapidamente para cima, sendo utilizado para diversas finalidades estimados em seis mil utilidades tem um significado cultural no Japão de alta expressão.

A História do Bambu decorre de uma profunda reflexão e muitas peças que aparentam ser utilitários, como cestos, e peças de arte contemporâneas que dialogam com a história japonesa, mostrando a sua evolução pelas obras de quatro artistas, entre eles Akio Hizume, que acabou de construir um túnel de bambu em Osaka baseado nas teorias matemáticas de Fibonacci. Outro artista é Nakatomi Hajime, que faz uso de técnicas tradicionais de utilitários para criar obras contemporâneas. Informações que são prestadas pelo curador Macello Dantas.

clip_image004

Instalação feita de tiras de bambu entrelaçadas, do artista Chikunsai Tanabe, constante do artigo no Estadão

Outro artista que terá seus trabalhos expostos na Japan House é Shigeo Kawashima, escultor que apresentou seus trabalhos em mais de 30 grandes coleções internacionais. Alguns destes artistas japoneses expuseram suas obras na recente SP – Arte, como Ryuun Yamaguchi e Hodo Yako, e já participaram de importantes eventos internacionais, junto com outros.

Outro artista é Makoto Azuma que, de forma diversa, apresenta uma intervenção móvel com a participação de 30 ciclistas de origem japonesa circulando por diversos cartões postais de São Paulo com arranjos florais, incluindo bonsais.

clip_image006

Outra obra de bambu que será exposta no Japan House

Muitos outros eventos culturais de importância já estão programados na Japan House para o futuro, com seis a oito exposições por ano, o que promete trazer para o Brasil o que há de mais atualizado na cultura japonesa. Vamos aguardar estes eventos com uma elevada expectativa, para que os brasileiros não tenham somente conhecimentos exóticos da cultura japonesa.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: