Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Trem Rápido Entre Beijing e Xangai

5 de Maio de 2016
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais e Notícias | Tags: , , , ,

clip_image002Os chineses são muito rápidos na instalação de infraestrutura como as ferrovias rápidas, e no próximo dia 15 de maio começa a funcionar a sua ligação de Beijing a Xangai, cobrindo uma distância de cerca de 1.210 quilômetros em 5 horas, ou seja, um pouco mais de 240 quilômetros por hora.

Trens rápidos que serão utilizados nas ligações de Beijing a Xangai, segundo foto da agência Xinhua

Os trens rápidos chineses estão hoje entre os mais competitivos no mundo, conquistando até alguns projetos no exterior, disputando com japoneses e alemães. Segundo um artigo publicado por Guo Kai no China Daily, no próximo dia 15 de maio será inaugurado a ligação entre a capital Beijing e Xangai, a principal cidade chinesa no litoral, cobrindo cerca de 1.210 quilômetros, a uma velocidade superior a 240 quilômetros horários, ou seja, em menos de 5 horas. O preço da passagem mais cara é de US$ 144. O chamado G8 deve deixar Beijing às 19h para chegar a Xangai às 23h48, sendo popularmente chamado de “red-eyes”. Deverá retornar a Beijing no dia seguinte.

As passagens terão os mesmos preços para as viagens diurnas, mas há também um vagão dormitório, o D312 que funcionará temporariamente durante o Festival da Primavera, a partir de quando deve funcionar regularmente, que parece mais lento, devendo deixar Xangai às 19h10 para chegar às 7h07 em Beijing no dia seguinte. Parece que a oferta deve acompanhar a demanda que for registrada, segundo informações do artigo no China Daily, havendo mais policiais nas viagens noturnas, para aumentar a segurança.

Na China, em 2015, houve 2,5 bilhões de passageiros, um acréscimo de 6,07% com relação ao ano anterior. As cifras chinesas são todas impressionantes.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: