Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Cães Treinados no Japão Para se Detectar Câncer

11 de Maio de 2017
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Saúde | Tags: , ,

clip_image002Notícia escrita por Tomoko Otake foi publicado no The Japan Times informando que cães estão sendo treinados para se identificar pelo odor da urina a presença do câncer em seres humano em estágios iniciais. Mas outros materiais também podem ser utilizados.

Foto do treinamento de cães para identificar a presença de câncer publicada no artigo do The Japan Times

A cidade de Kaneyama que tem uma população de seis mil habitantes foi escolhida para o teste efetuado pelo Ron Sniffing Cancer Training, pois apresenta uma taxa de mortalidade por câncer acima da média, o que os especialistas atribuem ao elevado consumo de álcool e sal, pelo uso exagerado da conserva conhecida como tsukemono. As autoridades locais ficaram assustadas com os dados publicados numa revista sobre esta triste realidade e procuraram entidades que as poderiam ajudar.

Uma das medidas foi um projeto piloto usando o conhecido faro dos cães do qual participam os moradores de mais de 40 anos que fornecem voluntariamente amostras das urinas. Elas são enviadas ao Nippon Medical School Hokusoh Hospital, na Província de Chiba, que está trabalhando com o Ron Sniffing Cancer Center Training que usa cães que farejam estas amostras identificando os que possuem células cancerosas.

O que se suspeita é que as células cancerosas emitem um cheiro que os cães identificam por emitirem um gás, onde os acertos são extremamente elevados, que podem ser confirmados por exames complementares de forma preventiva, antes que elas estejam já em estágios avançados. As células cancerígenas convertem a glicose em energia enquanto as normais as convertem em oxigênio.

Além das urinas, mais simples, podem ser utilizadas salivas, respirações e fezes, que não estão sendo utilizados neste projeto piloto. Como os cães são custosos para serem treinados, estão sendo pesquisadas outras formas de identificação destas amostras pelas suas diferenças.

O custo da pesquisa é compensado pela redução dos custos em saúde, pois os tratamentos dos cânceres em estágios avançados são mais elevados.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: