Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Os Muitos Desafios da Agricultura Chinesa

25 de Maio de 2017
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais e Notícias | Tags: , , , ,

clip_image002Alimentar a gigantesca população chinesa, cada mais exigente com os produtos que consume em função da elevação do seu nível de renda, é um grande desafio enfrentado pela agricultura chinesa, que procura se adaptar da forma possível.

Produção de pepinos orgânicos durante o inverno na Hesheng Agricultural Technology Development em Penglat, China, uma alternativa que está sendo tentada

Todos sabem que os lotes agrícolas na China são minúsculos quando comparada com os de outros países, ao mesmo tempo em que os agricultores estão se tornando idosos, quando os jovens procuram outras atividades nos grandes centros urbanos. Tentar aglomerá-los de forma que ganhem uma dimensão econômica mínima é um desafio difícil, pois muitas terras que eram rurais passaram a ter destinos industriais e de outras atividades urbanas. Não existem possibilidades de produções de cereais como na Austrália, Canadá ou Estados Unidos, segundo um artigo publicado no site da Bloomberg. Tentou-se adquirir grandes glebas de terra na África e até no Brasil, mas seus resultados não são animadores e os chineses acabam dependendo de suas importações utilizando os mecanismos tradicionais de comercialização internacional.

Ao mesmo tempo, muitas das terras cultiváveis estão contaminadas com o uso exagerado de fertilizantes bem como águas poluídas, inclusive pelas atividades de mineração como a do carvão mineral. Os consumidores chineses, por sua vez, com a elevação do seu nível de renda, procuram bens mais saudáveis para o seu consumo, tornando-se mais exigentes com a qualidade.

Muitos produtos, como carnes de suínos e aves, passaram por escândalos por não contarem com fiscalizações adequadas. Os que estão produzindo em pequenos lotes, controlados pelas famílias, estão alcançando preços elevados comparados com os comuns encontrados no mercado.

clip_image004

Cabras criadas com novas técnicas na China

Algumas produções de países como o Brasil começam a ser exportadas para a China, havendo os mais exigentes que atendem os critérios de criação mais sadios, como no tratamento destes animais e seus abates, quando devidamente certificados.

As variedades de situações são amplas havendo ofertas de todos os tipos. Mas o grosso do mercado ainda é atendido pelas produções tradicionais que necessitam ser melhoradas, havendo muitas produções experimentais utilizando tecnologias avançadas, mas que só podem produzir ainda uma quantidade limitada.

clip_image006

Chás, aves e ovos produzidos de formas rudimentares na China

O potencial do mercado chinês continua sendo promissor e desde que o Brasil, com uma visão de longo prazo, adote critérios cuidadosos para o controle de suas qualidades, as oportunidades complementares são amplas para colocação naquela economia.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: