Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Transformando Lixo em Recursos

2 de Janeiro de 2018
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais e Notícias | Tags: , ,

Um artigo de Bibhudatia Pradhan foi publicado no site da Bloomberg mostrando que uma cidade da Índia com cerca de um milhão de habitantes está reciclando todo o seu lixo, aproveitando os orgânicos para a produção de fertilizantes e os demais sendo selecionados para reciclagens, conseguindo quase equilibrar a operação do ponto de vista financeiro.

clip_image002

Todo o lixo não orgânico é classificado para reciclagem em Mysore, na Índia. Foto constante do site da Bloomberg

Não se trata somente de um problema das nações desenvolvidas onde o custo de eliminação do lixo se tornou exageradamente elevado, mas países como a Índia estão promovendo uma campanha nacional para aproveitamento do lixo orgânico para a produção de fertilizantes e os demais para reciclagem depois de classificados. Isto não é uma novidade e também em escala limitada está sendo aplicado no Brasil, mas a Índia é uma das maiores produtoras de lixo no mundo e apesar de pobre engajou-se num programa de escala nacional, com estímulo do poder central.

Na cidade de Mysuru, com cerca de um milhão de habitantes, a partir das 6h30 as ruas estão cheias de trabalhadores com aventais verde-oliva e luvas de borracha para apanharem em todas as residências os lixos que serão reaproveitados. A campanha está sendo comandada nacionalmente pelo primeiro-ministro Narendra Modi. Além de criar emprego para muitos indianos, estão sendo empregados equipamentos que produzem fertilizantes pela compostagem, além de gerar a eletricidade necessária.

clip_image004

Os lixos são classificados para usos diferentes, principalmente as reciclagens em Mysuru, na Índia

Todos sabem que os aterros sanitários geram problemas em todos os lugares, contaminando as águas e exigindo grandes espaços. O recente desenvolvimento econômico na Índia acelerou a urbanização e a Universidade Jamia Millia Islamia, de Nova Deli, foi estimulada a desenvolver a tecnologia para esta reciclagem do lixo. De forma clássica, o lixo das residências é separado entre orgânico e reciclável. Os fertilizantes são vendidos para os agricultores. Está se conseguindo a adesão da população com o uso intensivo dos meios de comunicação.

O sistema de reciclagem recebe o apoio do governo central, mas está se trabalhando para atingir o equilíbro econômico de toda a operação. Estão sendo investidos US$ 3 bilhões até 2027.

Os indianos conseguiram transformar os problemas em soluções. No Brasil, também já existem iniciativas limitadas, mas parece que há necessidade de que se transforme num programa nacional que tenha significado, aproveitando a escala indispensável bem como o forte engajamento da população como um todo.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: