Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Além das Alegrias no Carnaval

13 de Fevereiro de 2018
Por: Paulo Yokota | Seção: Cultura, Editoriais e Notícias | Tags: , ,

clip_image002Como em muitos lugares no mundo, o Brasil está mostrando que na adversidade existem espaços para criatividade, com muitos ousando apresentar as críticas às autoridades pelos desmandos que estão afetando a população.

Críticas às autoridades apresentadas pelas escolas de samba no Rio de Janeiro

A criatividade do povo brasileiro vem mostrando que nos períodos de grandes adversidades, como no regime autoritário, as manifestações artísticas tentam superar os obstáculos apresentando suas críticas de forma imaginativa e relativamente barata. Na atual crise econômica, quando as escolas de samba apresentam limitações nos seus patrocínios, encontram-se formas para superar as restrições, como a proliferação dos blocos de carnaval em todo o país. Mesmo as grandes escolas de samba procuraram formas para apresentações de razoável qualidade com custos mais baixos.

No passado recente, havia certo exagero com o uso de novas técnicas para apresentações suntuosas que pouco tinha com a realidade do povo brasileiro, sempre marcado pela sua alegria que impressiona o mundo. Esperava-se grande prejuízo para o chamado “maior espetáculo da terra”, onde pessoas humildes também davam a suas contribuições, mostrando suas habilidades no samba.

clip_image004

Os blocos em São Paulo não contavam com tanta participação da população

Parte destas restrições foi superada pelas criatividades, com destaque às críticas às autoridades que não consideram as dificuldades pelas quais o povo brasileiro está passando. A forte generalização dos blocos em todo o país, ao lado dos já tradicionais, com adesão maciça da população, parece uma resposta adequada. Espera-se que as qualidades do samba e dos seus conteúdos acompanhem esta evolução.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: