Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Fiscalização da Aplicação dos Recursos do Chamado S

13 de Fevereiro de 2018
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia e Política, Editoriais e Notícias | Tags: , ,

Com a vantagem do parentesco, tenho utilizado dos muitos bons serviços prestados pelo SESC – Serviço Social do Comércio em variadas atividades que beneficiam os comerciários. No entanto, em algumas entidades do mesmo tipo muitos dos recursos são desviados para atividades meramente políticas que beneficiam somente alguns dirigentes.

clip_image002

Recursos do SESC bem aplicados em atividades culturais, esportivas e outras, como alimentação, que beneficiam os comerciários

As contribuições sobre as folhas de pagamento dos chamados S são expressivas e algumas entidades as aplicam adequadamente para beneficiar os empregados do seu setor. No entanto, em outras, parte destes recursos é aplicada para atividades políticas que beneficiam alguns dos seus dirigentes, remunerando sobejamente alguns altos consultores e ajudando a divulgar suas atividades para os que são constantes candidatos de cargos eleitorais. O mais correto parece que estas atividades fossem geridas pelos seus mais interessados, os empregados,

Quem folheia uma revista como a “e” acaba sendo informado tanto das programações que são promovidas pelo SESC como toma conhecimento de assuntos de grande importância que interessam a população como um todo. No número deste mês de fevereiro, destacam-se as entrevistas como com Stevens Rehen, um neurocientista que trata das importantes pesquisas que estão sendo feitas no Brasil e no exterior, como no Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino com a participação do setor privado, ele que também tem atividades em organismos internacionais.

clip_image004

Capa da revista e do SESC São Paulo deste mês de fevereiro

Também consta uma matéria interessante do que se toma conhecimento na cidade de São Paulo quando se percorre por ela, mostrando diversos pontos de alto interesse para a população. Uma matéria com a Hilda Hilst faz uma bela avaliação das obras da poesia, do teatro e outros aspectos relevantes da literatura no Brasil atual. Outra matéria faz um estupendo balanço da influência africana em muitas atividades culturais no Brasil. São matérias difíceis de serem encontradas nas melhores revistas editadas no país. Tudo entre outros assuntos que também são abordados com o devido cuidado, podendo se atribuir esta qualidade dos trabalhos para o competente diretor regional de São Paulo, Danilo Santos de Miranda



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: