Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Usain Bolt Calou Muitos

24 de agosto de 2015
Por: Paulo Yokota | Seção: Cultura, Editoriais e Notícias | Tags: , , , ,

A Jamaica confirmou que continua na vanguarda das corridas de curta distância, apesar de sua pequena população, colocando dois atletas junto com quatro norte-americanos, um canadense e um chinês na final dos 100m rasos na China. Usain Bolt, um experiente atleta, superou jovens mostrando que tem algo mais do que tradição e vigor físico.

clip_image002

Usain Bolt festeja do jeito tradicional seu tricampeonato mundial em Pequim: como um raio – KAI PFAFCH / REUTERS, conforme artigo no site de O Globo.

Leia o restante desse texto »


Embraer Com Aeronaves Para Mais Bagagens

20 de Maio de 2014
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais, Notícias | Tags: , , ,

Como todos sabem, a Embraer é a quarta indústria de aeronaves comerciais no mundo, competindo acirradamente nas aeronaves para médias distâncias de baixos custos operacionais com a Bombardier canadense, a Mitsubishi japonesa e a Sukhoi russa para os próximos anos, as chamadas regionais, que possuem somente uma passagem entre as fileiras de poltronas. Quando todos estão reduzindo os espaços para os passageiros e suas bagagens, a Embraer está ampliando para as bagagens. Os que usam o transporte aéreo com frequência percebem que os passageiros preferem hoje levar à bordo sua bagagem como se fossem de mão para evitar perdas de tempo esperando a chegada das mesmas, notadamente nos deslocamentos de média distância. Muitas companhias aéreas perdem tempo acomodando as bagagens, principalmente dos últimos passageiros a embarcarem. A Embraer está se propondo a resolver estes problemas dos passageiros e das companhias aéreas, aumentando em 40% a capacidade das bagagens à bordo quando comparado com as atuais aeronaves.

Em média, as empresas aéreas estão cobrando US$ 25 por bagagem despachada, o que também é uma fonte de renda delas. Mas, muitos fabricantes de aviões estão preocupados com a satisfação dos passageiros que, mais exigentes, utilizam a internet para obterem informações sobre os limites e serviços das transportadoras. Os especialistas no assunto entendem que a Embraer vai se beneficiar com a orientação que está adotando, pois satisfará tanto os passageiros como os tripulantes que não precisam ficar “brigando” com eles por causa das bagagens, demorando em decolagens. As primeiras aeronaves com o novo desenho deverão ser entregues em 2018.

E195-E2-recorte-de-imagem-Embraer

Leia o restante desse texto »


Nissan é a Mais Agressiva das Montadoras Japonesas

24 de outubro de 2011
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais, Notícias, webtown | Tags: , ,

O respeitado jornal econômico japonês Nikkei informa que a Nissan está disputando com a Hyundai a posição da terceira montadora no mercado chinês, o maior do mundo e que continua com grande dinamismo. Um experiente analista japonês expressa que a Toyota como a Honda, dada a dimensão de suas empresas, se tornaram muito burocráticas, enquanto a Nissan, sob o comando do presidente franco-brasileiro Carlos Ghosn, tornou-se a mais agressiva das montadoras japonesas, com planos de ampliação de seu market share nos países emergentes como a China e o Brasil.

No Brasil, já anunciaram o projeto de instalação de uma nova fábrica em Resende, no Rio de Janeiro, deixando a unidade de Curitiba, no Paraná, somente para a produção de sua associada Renault. Na China, com um marketing agressivo, disputa com a coreana Hyundai a terceira posição no ranking, que vem sendo liderado, com grande folga, pela Volkswagen, seguida pela General Motors, deixando os produtores locais em desvantagem. A Hyundai se mostra disposta a disputar acirradamente a terceira posição que ainda ocupa.

Nni20111024D21HH898121216Nni20111024D21HH898121218

Leia o restante desse texto »


Os Japoneses na Energia Nuclear

13 de Maio de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Empresas | Tags: , , , ,

norio sasaki Um expressivo artigo foi publicado no jornal Valor Econômico, “Toshiba colhe frutos de aposta nuclear”, do jornalista Daisuke Wakabayashi, do jornal The Wall Street Journal. Está baseado numa entrevista concedida pelo Norio Sasaki, presidente da Toshiba.

Como noticiado em 2006, a Toshiba assumiu o controle da poderosa norte-americana Westinghouse Eletric Co., grande fornecedora de usinas nucleares nos mercados mundiais, principalmente nos Estados Unidos. Na realidade, tais usinas já contavam anteriormente com muitos componentes da Toshiba.

Leia o restante desse texto »