Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

AGC é Multinacional de Origem Japonesa

18 de Abril de 2012
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais, Notícias, webtown | Tags: , , ,

Desde 2009, a Asahi Glass Company, que é uma multinacional que se originou no Japão em 1907, passou a ter a sua sede em Bruxelas, na Bélgica, trabalhando com vidros planos. Atua em 30 países em todo o mundo, com forte presença nos Estados Unidos, na Europa e na China, bem como em toda a Ásia. Com faturamento anual de US$ 15 bilhões, instala agora a sua primeira unidade no Brasil, com uma visão de longo prazo, devendo produzir vidros planos, principalmente os voltados à construção civil e à indústria automobilística. O mercado japonês só representa 35% de suas operações. Dispõe de produtos de alta tecnologia como o “Sunbalance Aqua Green” e o “Sunbalance Pure Clear”, que é ecológico e mantém o ambiente interno resfriado no verão, aquecido no inverno e claro durante o dia. Dispõe de empresa voltada à pesquisa e possui uma atitude correta com relação à informação para o público, bem como sua responsabilidade social, devendo contribuir com os trabalhos executados pelo Instituto Ayrton Senna no Brasil.

Seu presidente, Kazuhiko Ishimura, deu uma entrevista para Vanessa Dezem, do Valor Econômico, informando a estratégia da empresa de ampliar suas atuações no Brasil e em outros países emergentes. Esclareceu que a economia japonesa já vinha crescendo modestamente bem antes dos recentes desastres naturais, o que os levou a atuar como uma verdadeira multinacional, visando os mercados que estão em expansão.

topmes_pic4

Kazuhiko Ishimura

Poucas empresas japonesas estão tão consolidadas no mercado internacional como a Asahi Glass, que atua plenamente como uma empresa multinacional. As empresas de origem japonesa possuem uma cultura específica, desenvolvida ao longo do tempo num arquipélago como o Japão, apresentando algumas dificuldades para absorverem contribuições provenientes do exterior. No geral, ficam focados somente nos aspectos dos seus desenvolvimentos tecnológicos internos que são fundamentais, cuidando pouco de abastecer o mercado com suas informações, principalmente para os usuários finais. Também apresentam dificuldades para seu enraizamento nos países estrangeiros, atuando também com a sua responsabilidade social.

No caso da Asahi Glass, nota-se a sua preocupação na disseminação das informações de suas capacidades técnicas que são conhecidas somente por profissionais do setor. Os que utilizam vidros planos em suas residências, escritórios ou em seus carros pouco conhecem dos atuais desenvolvimentos tecnológicos que estão ocorrendo, concentradas em número limitado de empresas.

A Asahi Glass dispõe de vidros que reduzem sensivelmente a propagação de bactérias que provocam as infecções hospitalares. Eles contam com empresas que atuam também nas áreas dos eletrônicos e produtos químicos, que não serão comercializados no Brasil.

Mostrando a disposição de receber subsídios dos brasileiros, procura intensificar os seus diálogos com experientes profissionais sobre as pesquisas e formas mais adequadas de operação neste mercado, não se comportando como arrogantes empresas que possuem poderes quase oligopolísticos. Revelam disposições raras de intenso intercâmbio, observando que já absorveram culturas variadas nos países que atuam desde antes da Segunda Guerra Mundial.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: