Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Trabalho Que Vem Sendo Efetuado pela APEX

29 de Maio de 2014
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais, Notícias | Tags: , , ,

As pequenas, médias e até grandes empresas necessitam do suporte governamental para iniciar suas exportações para qualquer parte do mundo. Os entraves existentes nos países importadores são muitos, além do próprio desconhecimento dos produtos que precisam ser apresentados para as empresas que visualizem as oportunidades de colocação nos seus países. A APEX – Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos foi criada e desempenha um bom trabalho, participando de diversas feiras no exterior que são visitadas por muitos interessados, inclusive nos produtos brasileiros.

A biodiversidade brasileira costuma ser aproveitada para diversas finalidades, como nos setores voltados à saúde e a beleza. As matérias-primas que são aproveitadas pelos industriais e provenientes das mais variadas regiões brasileiras, notadamente a Amazônia, estão viabilizando muitas iniciativas, algumas que acabam representando volumes apreciáveis. Mas outros produtos com empreendimentos inovadores, ainda pouco conhecidos, encontram oportunidades para serem colocados no exterior, desde que os primeiros obstáculos sejam superados com a ajuda de agências como a APEX. Ajudam a diversificar as exportações brasileiras para além de minérios e produtos agropecuários tradicionais.

Kvalor2

Muitos empreendedores brasileiros necessitam de um suporte adicional para viabilizarem seus negócios, o que pode ser feito pela exportação, além da colocação no mercado interno. Mas, muitos produtos contam com regulamentações para serem utilizados em outros países, como no caso de alimentos e os voltados à saúde. A ajuda da APEX acaba sendo indispensável, pois os custos para obter todos os conhecimentos acabam sendo impossíveis de ser arcados pelos empresários privados.

A APEX é vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio que vem acumulando conhecimentos sobre as diversas oportunidades que se apresentam. A Ásia, atualmente a região mais dinâmica da economia mundial, com seus muitos países, desde os grandes como a China e a Índia, necessitam de diversos produtos que podem ser fornecidos pelos brasileiros.

Os grandes eventos esportivos como a Copa do Mundo e as Olimpíadas, apesar de suas complexidades, acabam gerando novas oportunidades. Os estrangeiros como a imprensa mundial visitam o país e acabam conhecendo muitos dos seus produtos que não estão disponíveis nos seus países de origem.

Como os brasileiros acabam aprendendo com outros países, os estrangeiros costumam admirar a flexibilidade e a criatividade dos brasileiros que não se resume somente a algumas manifestações culturais como a música e os esportes. Na atividade produtiva, também se encontram produtos que nem sempre estão disponíveis no exterior.

No quinto Prêmio APEX-Brasil estão sendo destacados algumas entidades e empresas, como a Embraer, a Natura, a JBS, a Garoto, a Marcopolo, a WEG, a BRF BrasilFoods, como organizações tipo ABIMDE – Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança, ABIT – Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção, entre outras.

Estas iniciativas parecem vitais para generalizar entre os brasileiros a importância das exportações para a sustentabilidade do processo desenvolvimento econômico e social do Brasil.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: