Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Bancos Chineses e Asiáticos

7 de julho de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Empresas | Tags: ,

O jornal Valor Econômico de hoje reproduz uma matéria do Financial Times de Hong Kong, escrito pelo jornalista Robert Cookson, informando que o Agricultural Bank da China está concluindo um IPO, ou seja, oferta inicial de ações recorde mundial de US$ 22,1 bilhões. As demandas nos mercados de Hong Kong e Xangai totalizaram US$ 19,2 bilhões, mas as procuras foram 10 vezes maiores em Hong Kong e 20 vezes em Xangai, demonstrando a confiança sobre estas instituições.

Os ocidentais e o público em geral pouco conhecem sobre estes grandes bancos asiáticos. No Japão, o maior banco é o Norinchukin, também um banco agrícola, sendo superado pelo Correio japonês que capta recursos populares. É o que acontece na França, por exemplo, com o Credit Agricole e os Correios de alguns países europeus que efetuam toda a classe de operações bancárias.

banco agricola

Leia o restante desse texto »


Department Stores no Japão

6 de julho de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Empresas | Tags: , , , | 2 Comentários »

Grandes lojas de departamento, conhecidas como Department Stores, eram símbolos do comércio varejista de alto nível do Japão. Nomes como Takashimaya, seculares, davam prestígio aos produtos lá adquiridos nos períodos áureos da economia japonesa. Mas foram atingidos pelas recentes crises, e voltaram a apresentar vendas crescentes, mas sofrem concorrências agressivas de outros retalhistas especializados.

Uma notícia divulgada pelo jornal econômico Nikkei informa que a Takashimaya conseguiu resultados positivos, entre março e maio deste ano, graças a reduções dos seus custos, mas outros retalhistas especializados estão obtendo resultados mais expressivos. Os resultados alcançados não podem ser projetados para o futuro, de forma que suas ações continuam sofrendo nas bolsas de valores.

departamento

Leia o restante desse texto »


Toshiba Considera o Mercado dos Emergentes Importante

5 de julho de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Empresas | Tags: , ,

Norio Sasaki 01Numa entrevista concedida pelo presidente da Toshiba, Norio Sasaki, ao jornalista Ikuo Saijo, do jornal Nikkei, apresenta algumas informações de elevado interesse. Confirma-se que o mercado de semicondutores neste ano foi brilhante para seus produtores, pois alguns pequenos e médios concorrentes encerraram suas atividades durante a crise, enquanto a demanda cresceu em função de novos produtos eletrônicos lançados no mercado como “memórias flash para smartphones”. Paralelamente, informa-se que a Copa do Mundo demandou por mais televisores do foram produzidos, por falta de componentes.

Norio Sasaki anuncia que para se atingir uma meta de crescimento de 7 a 8% de vendas anuais nos próximos três anos depende de receitas a serem obtidas nos mercados emergentes, pois os mais industrializados continuam crescendo modestamente. Além dos setores pesados, a Toshiba procura consolidar-se nos mercados tradicionais de equipamentos eletrônicos leves.

Leia o restante desse texto »


Mudanças nas Empresas Provocadas pela Crise

4 de julho de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Empresas | Tags: , ,

É natural que as empresas promovam mudanças para se adaptarem aos novos cenários provocados pelas crises econômicas. Tudo indica que elas serão mais profundas e deverão ocorrer a prazo longo. Como os países emergentes estão se ajustando mais rapidamente às dificuldades provocadas por ela, as empresas que podem estão procurando atender as demandas destes países com produtos cujos preços são mais acessíveis, até para atender aos novos consumidores.

Na localização de parte de suas instalações ocorreram mudanças para onde os custos são mais competitivos, notadamente em termos dos recursos humanos. Nota-se também que muitas empresas estão se associando as outras, focando seus negócios nas áreas onde entendem que são mais competitivas.

Leia o restante desse texto »


Gigantes Eletrônicos Japoneses se Movimentam

18 de junho de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Empresas | Tags: , ,

O jornal econômico japonês Nikkei de hoje informa que grandes movimentações de empresas eletrônicas japoneses começaram a ocorrer, pressionados pelas associações que ocorrem no exterior, procurando sinergias para novas batalhas, superando seus negócios deficitários. A mais significativa é a movimentação da Toshiba, associando-se com a Fujitsu nas operações com celulares. Os chairman Atsutoshi Nishida e o presidente Norio Sassaki, da Toshiba, forçaram a junção de seus esforços conjuntos, incluindo o Smartphones, mesmo o comando ficando com a Fujitsu.

O Nikkei informa que a Toshiba não se satisfez somente com entendimentos com a Panasonic e a Sharp neste setor. Isso em função das batalhas provocadas pela Hewlett Packard/Palm para enfrentar o iPad da Apple e as movimentações da Google, que já provocaram a associação da Yahoo/Nokya.

sassaki_toshibaceo

Norio Sassaki, presidente da Toshiba

Leia o restante desse texto »


Impacto do Aumento no Preço do Minério de Ferro e Carvão

17 de junho de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Empresas | Tags: , ,

Um interessante artigo publicado no Nikkei mostra como está se propagando por toda a economia o aumento dos preços dos minérios de ferro. Refere-se ao acerto da Nippon Steel com a Toyota, mas mostra que esta mudança começou pelo acordo entre a BHP Billiton e a Rio Tinto, que conta com a participação da Mitsubishi.

A Vale brasileira só acompanhou o mercado, que passou de um sistema de ajustamento anual de preços para trimestral, ainda que a imprensa brasileira tenha destacado como grande responsável a mineradora brasileira. A Toyota foi obrigada a aceitar o reajuste trimestral de preços das chapas de aço que, além do minério de ferro, sofreu o aumento do preço do carvão mineral.

grafico_minerio grafico_minerio_01

Leia o restante desse texto »


Toyota Retoma a Segunda Planta em Sorocaba

17 de junho de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Empresas | Tags: , ,

toyotalogo A matriz da Toyota na proximidade de Nagoya, Japão, divulgou no jornal econômico Nikkei desta quinta-feira, dia 17 de junho, a retomada do seu projeto da segunda planta em Sorocaba, Brasil, que tinha sido suspensa com a crise econômica. Ela terá capacidade de produzir pouco mais de 100.000 unidades anuais de veículos pequenos voltados ao mercado local e de países emergentes, com o início da produção prevista para o começo do próximo ano.

O mercado brasileiro acusou em 2009 um crescimento de mais de 11%, e nos primeiros quatro meses deste ano superou a Alemanha, tornando-se a quarta maior do mundo, depois da China, dos Estados Unidos e do Japão. O jornal Nikkei informa que a Fiat, Volkswagen e a GM controlam 60% do mercado brasileiro e a Toyota pretende aumentar a sua participação, mas com um orçamento menor que o inicialmente previsto.

Leia o restante desse texto »


A Copa do Mundo é Um Grande Negócio Mundial

14 de junho de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Empresas | Tags: , , ,

As informações disponíveis dão conta que metade das verbas publicitárias relacionadas a todos os esportes é destinada ao futebol, o que dá uma ideia da sua importância. As empresas de materiais esportivos e de bebidas populares, bem como as televisões e outros meios de comunicação, além dos relacionados com as construções e os turismos, aproveitam a Copa do Mundo que atrai as atenções do público. E desenvolvem campanhas que disseminam mundialmente esta competição, chamando a atenção sobre a África do Sul e todos os astros envolvidos. Muitos começam a conhecer este país que é de zona temperada, localizando-se abaixo do Trópico de Capricórnio, quando a imagem é de um país africano tropical.

Mesmo nos países que não participam, ficando fora dos 32 que participam diretamente da atual Copa do Mundo, as televisões, os de bebidas e as lojas de material esportivo, principalmente, dão destaque ao evento. Como são produtos de consumo popular, como a Coca Cola, o evento se torna uma festa que só se rivaliza com as Olimpíadas, num mundo que necessita de ídolos.

kaka_adidas kaka

Kaká, garoto propaganda da alemã Adidas e da grife italiana Giorgio Armani. E as empresas brasileiras?

Leia o restante desse texto »


Dificuldades Estimulam a Criatividade

12 de junho de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Empresas | Tags: , , ,

Quem não tem cão caça com gato. Duas grandes e tradicionais empresas, como a Nippon Steel, pela sua subsidiária de engenharia, estabeleceram com a Oji Paper, uma gigante do setor de papel, um projeto conjunto para aproveitar resíduos de papel e de celulose para produzir etanol. Estas empresas já operam no Brasil. Normalmente, o etanol vem sendo produzido da cana ou de cereais como o milho, produtos escassos no Japão, com maior eficiência.

As dificuldades estão forçando as empresas a usar de todos os seus conhecimentos para aproveitar tudo o que é possível, utilizando os conhecimentos e as matérias-primas que dispõem, para produzirem energias limpas.

Leia o restante desse texto »


Comportamento das Empresas Asiáticas

4 de junho de 2010
Por: Paulo Yokota | Seção: Empresas | Tags: , ,

Procurando acompanhar o comportamento de diversas empresas asiáticas, nota-se uma tendência cada vez mais acentuada na procura diversificada de suas presenças produtivas e operacionais em diversos países, notadamente na Ásia. Que continua apresentando um crescimento acentuado, com destaque para a China e a índia, mas se espalhando por outros vizinhos.

Comportam-se como se fossem indiferentes, e estivessem dentro de um mesmo país, com pequenas diferenças regionais. Ainda que as moedas sejam diferentes, observa-se que este comportamento é possível, pois seus juros e impostos costumam ser baixos, e as tarifas continuam caindo com o crescente estabelecimento de acordos de parceria econômica ou de livre comércio. As empresas procuram os mercados mais promissores, levando em conta os custos dos salários, que ainda apresentam diferenças, mas estão se atenuando.

Leia o restante desse texto »