Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Críticas aos Japoneses Sobre Usos dos Estrangeiros

10 de Fevereiro de 2015
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais, Notícias, Política | Tags: , , ,

clip_image002Editorial publicado no The Japan Times critica autoridades pelo desvirtuamento dos programas de treinamento de estrangeiros para uso como trabalhadores, sem a observância dos seus direitos.

 

Estrangeiros de programas de treinamento utilizados para atender idosos japoneses

O jornal The Japan Times, com um editorial, critica as autoridades japonesas que estão desviando estrangeiros dos seus programas de treinamento para prestarem serviços de atendimento aos idosos japoneses sem mesmo atenderem os seus direitos. Dada a carência de enfermeiros para atenderem todas as necessidades dos idosos japoneses dependentes, as autoridades estão adotando o artifício de utilizar os treinees estrangeiros para estas tarefas, num total desvirtuamento do programa.

Na realidade, acaba sendo uma exploração do trabalho de baixo custo, sem que horas extras sejam pagas, com irregularidades de toda ordem. Isto vem ocorrendo depois do terremoto e tsunami de Fukushima e também se cogita para as Olimpíadas de Tóquio de 2020, o que está sendo denunciado pelo jornal.

Todos sabem que se estima em mais de 700 mil trabalhadores de enfermagem que o Japão vai precisar em 2025, e esta escassez é crônica não podendo se utilizar estrangeiros que foram para treinamento de transferência de conhecimentos que devem ser utilizados no seu país de origem.

Predominam trabalhadores da Indonésia, Filipinas e Vietnã, sendo que poucos ficam habilitados pela dificuldade de domínio do idioma local, ainda que tenham treinamentos de enfermagem nos seus países de origem. Muitos que são originários do exterior, notadamente da China e do Vietnã, segundo o jornal, foram para receber treinamentos e não para prestar serviços de baixo custo, de forma totalmente irregular.

O jornal afirma que existem muitos relatos de irregularidades, sabendo que estes estrangeiros necessitam de empregos, mas não para as finalidades a que estão sendo dirigidos, sem uma remuneração adequada de todos os seus direitos. É preciso entender que sempre houve até a exploração dos japoneses pelos locais, no que se trata de serviços terceirizados, inclusive com mecanismos semelhantes aos das máfias.

Este problema já foi abordado por este site, e com a indignação que está aumentando no Japão, espera-se que as autoridades japonesas coibam estes desvios.



Deixe aqui seu comentário

  • Seu nome (obrigatório):
  • Seu email (não será publicado) (obrigatório):
  • Seu site (se tiver):
  • Escreva seu comentário aqui: