Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

Tentando Preservar a Memória

26 de fevereiro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Saúde | Tags: , ,

clip_image002Se existe algo inevitável, é que todos envelhecemos e tendemos perder parte da nossa memória. Um artigo interessante publicado no site da UOL pelo VivaBem, além de informar sobre algumas pesquisas efetuadas com ratos, fornece recomendações práticas para preservar ao máximo nossas memórias, que muitos já estão executando.

Ilustração publicado no artigo da UOL, que vale a pena ser lido na íntegra

Leia o restante desse texto »


A Dura Realidade da Globo Internacional

22 de fevereiro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais e Notícias | Tags: , , | 4 Comentários »

clip_image002Um comunicado sucinto da Globo Internacional informa que a partir de fins de março esta televisão estará encerrando a parceria de duas décadas com o grupo IPC, que brasileiros e descendentes de japoneses assistiam no Japão. Pode-se especular sobre as razões desta decisão.

Sabe-se que todas as empresas voltadas à imprensa no mundo passam por um duro ajustamento diante da queda de suas receitas publicitárias, sendo substituídas por pequenas iniciativas de baixo custo que atraem um público específico. O Japão havia recebido um razoável contingente de brasileiros nas últimas décadas, descendentes de japoneses, que lá trabalhavam de forma dura pela sua sobrevivência e faziam eventuais remessas de recursos para seus familiares que continuavam no Brasil. Há uma ligeira retomada recente deste tipo de migração, dado o elevado nível de desemprego no Brasil, mas sem conseguir alterar o quadro geral. Eles eram indevidamente chamados de “dekasseguis”, compostos no passado por trabalhadores temporários japoneses que, de regiões menos avançadas do Japão, iam para os centros mais dinâmicos daquele país, principalmente nos invernos.

Muitos dos brasileiros que foram trabalhar no Japão passaram até a contar com pequenas empresas locais, comerciais e de serviços que atendiam às necessidades não só de brasileiros como outros latino-americanos e até asiáticos islâmicos, pois contavam com frangos que atendiam suas exigências religiosas. Também havia algumas exceções, que tinham atividades de razoável porte. Muitos destes brasileiros aprenderam o idioma local e hoje utilizam as televisões japonesas.

Também as grandes empresas brasileiras, inclusive a estatal Companhia Vale do Rio Doce, não aumentam suas atividades no Japão. O Banco do Brasil, que chegou a contar com algumas agências naquele país, transformou-as em simples postos de serviços. O mesmo aconteceu em outros países asiáticos.

As exportações brasileiras de produtos agropecuários são feitas pelas empresas multinacionais, com algumas participações de trading companies japonesas. Também os investimentos de empresas japonesas no Brasil estão reduzindo suas atividades, muitas transferindo suas atividades para a Ásia, que continuam mais dinâmicas.

Ainda que o turismo de japoneses para o Brasil e de brasileiros para o Japão venha aumentando, não se compara com o que ocorre entre os asiáticos. Na realidade, o longo período de crescimento modesto da economia brasileira não vem ampliando, como desejável, as suas atividades internacionais, como vem ocorrendo na Ásia. No Japão, a população está diminuindo e envelhecendo e suas prioridades se voltam para as atividades internas ou com seus vizinhos mais próximos, lamentavelmente.


Dificuldades de Aprovação da Reforma da Previdência Social

22 de fevereiro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Política | Tags: , , ,

clip_image002Segundo um artigo publicado pela Débora Álvares no site da UOL, já existem dificuldades de conseguir o presidente e o relator para o projeto de reforma da Previdência Social, o que ficou claro com a declaração da deputada Joice Hasselmann (PSL – PR), vice-líder do seu partido.

Deputada Federal Joice Hasselmann (PSL – PR

Leia o restante desse texto »


Antes Tarde do que Nunca

22 de fevereiro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Cultura, Editoriais e Notícias

Ainda que Jair Bolsonaro, como capitão reformado, não tenha feito o curso de Estado Maior, ele já devia saber com os seus colegas que chegaram a generais que o sistema exige um responsável pelas informações, para um funcionamento adequado. Governar é mais complexo que uma guerra e todas as informações com as quais se pode contar para serem utilizadas, como também os adversários que devem ser enfrentados, precisam ser adequadamente conhecidas, sem nenhuma subestimação, como já ensinavam os chineses há mais de um milênio.

clip_image001

Presidente Jair Bolsonaro, na reunião com os parlamentares, anuncia a formação do “banco de talentos” para preencher o segundo escalão do governo. Foto do artigo no Estadão que vale a pena ser lido na íntegra

Leia o restante desse texto »


Prefeito Bruno Covas Pretende Proibir Canudinho de Plástico

22 de fevereiro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Ecologia, Editoriais e Notícias | Tags: , , ,

Soa até ridículo que uma metrópole como São Paulo cogite somente da eliminação dos canudinhos de plástico. No total de produtos que utilizam este material, como sacolas, clip_image002copos, garrafas, talheres e outros, o canudinho deve ser insignificante em quantidade. Existem alternativas brasileiras como celuloses e vidros que, sendo recicláveis ou absorvíveis nos lixos, podem contribuir para a redução significativa dos horríveis lixões desta Capital.

O Brasil tem produtos alternativos que podem facilmente substituir os plásticos não biodegradáveis

Leia o restante desse texto »


Por Que Simplificar se é Possível Complicar

21 de fevereiro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia e Política, Editoriais e Notícias | Tags: , ,

Os PhDs como os formados em Chicago contam com dificuldades compreensíveis para elaborar versões como o do projeto de reformulação da Previdência Social compreensível para a população mais simples, ainda que todos entendam que necessitam ser duras e antipopulares. Alguns congressistas já manifestam que, se for aprovado, o projeto ajudará a aumentar o emprego, uma mera crença que pode não corresponder à realidade senão num prazo muito longo. Isto certamente ocorrerá com o aumento de instituições que assistam às empresas como os novos empregados a entenderem as opções que devem ser feitas, mesmo com o projeto ainda no início de uma longa negociação. Mas os custos da burocracia também produzem os mesmos efeitos dos aumentos dos custos das contribuições que estão previstos na folha de pagamentos.

clip_image002

Foto da paralisação dos operários da GM em São José dos Campos publicada artigo do O Globo, que vale a pena ser lido na íntegra

Leia o restante desse texto »


Transformar Limão em Limonada Senão o Barco Afunda

20 de fevereiro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Política | Tags: , ,

clip_image002A atual estratégia do governo de Jair Bolsonaro tentando ocupar a pauta com a apresentação das reformas indispensáveis, ignorando a profundeza da atual crise, pode resultar num desastre. Há que se reconhecer todos os graves erros cometidos, aprender as lições e introduzir rapidamente as mudanças indispensáveis no próprio governo.

O presidente Jair Bolsonaro foi à Câmara Federal entregar o projeto de Reforma da Previdência. Foto constante do artigo publicado no site do UOL, que vale a pena ser lido na íntegra, como se a situação política estivesse normal

Leia o restante desse texto »


Problemas de Comunicação Social e a Previdência Social

19 de fevereiro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias | Tags: , ,

O problema da comunicação social está se tornando mais grave não somente no Brasil. Mesmo as televisões, os jornais e revistas estão sendo obrigados a utilizar jovens jornalistas, em menor número, para sobreviverem, dadas à queda de suas receitas. Os meios eletrônicos estão sendo mais utilizados para se comunicar também com os parlamentares. Tudo indica que a massiva notícia que o déficit da Previdência Social no Brasil é um problema grave já foi entendida pela população, mas os eleitores estão mais ligados com o problema de como serão afetados pessoalmente com as mudanças. Eles transmitem essa posição aos congressistas, tendendo a aumentar os que são contrários às reformas nas votações, pois sempre existe algo que os atingem. O governo parece estar perdendo esta verdadeira guerra de comunicação, mesmo que o presidente Jair Bolsonaro se envolva diretamente nesta campanha.

clip_image002

O confuso plenário do Congresso Nacional que dará a sua posição sobre a reforma da Previdência Social

Leia o restante desse texto »


Experimentando a Jantar Caseiro Japonês nos EUA

18 de fevereiro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Gastronomia | Tags: , ,

A jornalista norte-americana Stephanie Haddad, que morou três anos no Japão, ficou com o desejo de compartilhar de um jantar como o que teve nos restaurantes japoneses com clip_image002amigos. Experimentou os serviços do Tadaku, onde uma anfitriã preparou um jantar caseiro com materiais orgânicos para partilhar com dois convidados que tinham fornecido as informações do que desejavam. Ela escreveu um artigo sobre o assunto, que foi publicado no Japan Today.

O anúncio do Tadaku, um jantar caseiro japonês preparado numa residência, para um número limitado de convidados, constante do artigo no Japan Today

Leia o restante desse texto »


Indicação Japonesa de Donald Trump Para Nobel da Paz

18 de fevereiro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Cultura, Editoriais e Notícias | Tags: , , | 2 Comentários »

Alguns jornais japoneses informam que o governo Shinzo Abe, do Japão, a pedido dos norte-americanos, indicou a candidatura de Donald Trump para Prêmio Nobel da Paz, clip_image002apresentando um longo arrazoado. É um gesto no mínimo discutível, pois a figura pública do atual presidente dos Estados Unidos é claramente controvertida, em grande parte devida às suas declarações bombásticas. Esta notícia teria origem no Asahi Shimbun.

O primeiro-ministro japonês Shinzo Abe no recente encontro com Donald Trump, presidente dos Estados Unidos

Leia o restante desse texto »