Tentando aproximar a Ásia da América do Sul e vice-versa

A Dura Realidade da Globo Internacional

22 de fevereiro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais e Notícias | Tags: , , | 4 Comentários »

clip_image002Um comunicado sucinto da Globo Internacional informa que a partir de fins de março esta televisão estará encerrando a parceria de duas décadas com o grupo IPC, que brasileiros e descendentes de japoneses assistiam no Japão. Pode-se especular sobre as razões desta decisão.

Sabe-se que todas as empresas voltadas à imprensa no mundo passam por um duro ajustamento diante da queda de suas receitas publicitárias, sendo substituídas por pequenas iniciativas de baixo custo que atraem um público específico. O Japão havia recebido um razoável contingente de brasileiros nas últimas décadas, descendentes de japoneses, que lá trabalhavam de forma dura pela sua sobrevivência e faziam eventuais remessas de recursos para seus familiares que continuavam no Brasil. Há uma ligeira retomada recente deste tipo de migração, dado o elevado nível de desemprego no Brasil, mas sem conseguir alterar o quadro geral. Eles eram indevidamente chamados de “dekasseguis”, compostos no passado por trabalhadores temporários japoneses que, de regiões menos avançadas do Japão, iam para os centros mais dinâmicos daquele país, principalmente nos invernos.

Muitos dos brasileiros que foram trabalhar no Japão passaram até a contar com pequenas empresas locais, comerciais e de serviços que atendiam às necessidades não só de brasileiros como outros latino-americanos e até asiáticos islâmicos, pois contavam com frangos que atendiam suas exigências religiosas. Também havia algumas exceções, que tinham atividades de razoável porte. Muitos destes brasileiros aprenderam o idioma local e hoje utilizam as televisões japonesas.

Também as grandes empresas brasileiras, inclusive a estatal Companhia Vale do Rio Doce, não aumentam suas atividades no Japão. O Banco do Brasil, que chegou a contar com algumas agências naquele país, transformou-as em simples postos de serviços. O mesmo aconteceu em outros países asiáticos.

As exportações brasileiras de produtos agropecuários são feitas pelas empresas multinacionais, com algumas participações de trading companies japonesas. Também os investimentos de empresas japonesas no Brasil estão reduzindo suas atividades, muitas transferindo suas atividades para a Ásia, que continuam mais dinâmicas.

Ainda que o turismo de japoneses para o Brasil e de brasileiros para o Japão venha aumentando, não se compara com o que ocorre entre os asiáticos. Na realidade, o longo período de crescimento modesto da economia brasileira não vem ampliando, como desejável, as suas atividades internacionais, como vem ocorrendo na Ásia. No Japão, a população está diminuindo e envelhecendo e suas prioridades se voltam para as atividades internas ou com seus vizinhos mais próximos, lamentavelmente.


Dificuldades de Aprovação da Reforma da Previdência Social

22 de fevereiro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Política | Tags: , , ,

clip_image002Segundo um artigo publicado pela Débora Álvares no site da UOL, já existem dificuldades de conseguir o presidente e o relator para o projeto de reforma da Previdência Social, o que ficou claro com a declaração da deputada Joice Hasselmann (PSL – PR), vice-líder do seu partido.

Deputada Federal Joice Hasselmann (PSL – PR

Leia o restante desse texto »


Por Que Simplificar se é Possível Complicar

21 de fevereiro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia e Política, Editoriais e Notícias | Tags: , ,

Os PhDs como os formados em Chicago contam com dificuldades compreensíveis para elaborar versões como o do projeto de reformulação da Previdência Social compreensível para a população mais simples, ainda que todos entendam que necessitam ser duras e antipopulares. Alguns congressistas já manifestam que, se for aprovado, o projeto ajudará a aumentar o emprego, uma mera crença que pode não corresponder à realidade senão num prazo muito longo. Isto certamente ocorrerá com o aumento de instituições que assistam às empresas como os novos empregados a entenderem as opções que devem ser feitas, mesmo com o projeto ainda no início de uma longa negociação. Mas os custos da burocracia também produzem os mesmos efeitos dos aumentos dos custos das contribuições que estão previstos na folha de pagamentos.

clip_image002

Foto da paralisação dos operários da GM em São José dos Campos publicada artigo do O Globo, que vale a pena ser lido na íntegra

Leia o restante desse texto »


Transformar Limão em Limonada Senão o Barco Afunda

20 de fevereiro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Editoriais e Notícias, Política | Tags: , ,

clip_image002A atual estratégia do governo de Jair Bolsonaro tentando ocupar a pauta com a apresentação das reformas indispensáveis, ignorando a profundeza da atual crise, pode resultar num desastre. Há que se reconhecer todos os graves erros cometidos, aprender as lições e introduzir rapidamente as mudanças indispensáveis no próprio governo.

O presidente Jair Bolsonaro foi à Câmara Federal entregar o projeto de Reforma da Previdência. Foto constante do artigo publicado no site do UOL, que vale a pena ser lido na íntegra, como se a situação política estivesse normal

Leia o restante desse texto »


Uma Visão Otimista do Setor Rural Brasileiro

15 de fevereiro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Ecologia, Economia, Editoriais e Notícias | Tags: , ,

imageUm artigo preparado para a Coalização Verde, reunindo diversas contribuições de pesquisadores, foi publicado no Estadão dando uma visão otimista do chamado ILPF – Integração lavoura-pecuária-floresta, estimando que o Brasil possa ser tornar o maior produtor rural do mundo até 2030.

Foto publicado no artigo do Estadão, que vale a pena ser lido na íntegra

Leia o restante desse texto »


The Economist Sobre o Aquecimento Global e o Petróleo

11 de fevereiro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Cultura, Economia e Política | Tags: , , | 2 Comentários »

A revista The Economist reconhece, lamentavelmente, que, apesar dos grandes estragos que o petróleo continua ajudando a provocar, como os gigantescos incêndios na Califórnia e o extremo frio em Chicago, não há indícios de mudanças, continuando os Estados Unidos como o segundo país poluidor no mundo. Os democratas esperam colocar o problema como centro do debate para a eleição de 2020 com o lema “Green New Deal” e os republicanos continua apoiando a política do atual governo de Donald Trump. As mudanças teriam que ser radicais, para se limitar o aquecimento a 1,5º centigrados neste século, o que provavelmente não ocorrerá, pois já se fala abertamente em 2,0º ou mais. No resto do mundo, o quadro não é muito diferente.

clip_image002

Ilustração constante do artigo no The Economist

Leia o restante desse texto »


Importação de Carne Bovina do Japão da TPP

8 de fevereiro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia, Editoriais e Notícias | Tags: , ,

clip_image002Ainda que seja somente o levantamento de janeiro deste ano, os dados da importação de carne bovina pelo Japão já indicam que a redução das tarifas passou de 38,5% para 27,5%, fazendo com que países membros do TPP – TransPacific Partnership, como o Canadá e a Austrália, substituam as importações dos Estados Unidos, que está fora deste acordo.

Gráfico publicado no artigo do Yomiuri Shimbun

Leia o restante desse texto »


Sobrecarga Sobre Ministros Pouco Experientes

8 de fevereiro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia e Política | Tags: , , , ,

Apesar da intensa torcida do Brasil para que o novo governo tenha sucesso na sua performance, um conjunto de fatores não favorece a superação dos problemas naturais no início de seu funcionamento. Alguns ministros como Paulo Guedes e Sérgio Moro, apesar das suas consagradas qualificações pessoais, aparentam estar sobrecarregados em exagero, tendo pouca experiência em cargos do Executivo. Com a recuperação da saúde do presidente Jair Bolsonaro em marcha, eles não contam ainda com contatos intensos desejáveis para a discussão de assuntos vitais para o governo. Precisam negociar intensamente com um Congresso muito renovado, onde muitos dos seus membros estão ávidos para demonstrar para que foram eleitos.

clip_image002

Paulo Guedes, ministro da Economia, aparenta estar sobrecarregado, não conseguindo definir adequadamente seus projetos vitais

Leia o restante desse texto »


Renault Alerta os Promotores Japoneses Sobre Carlos Ghosn

7 de fevereiro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia e Política, Editoriais e Notícias | Tags: , , , , | 87 Comentários »

Mais problemas para Carlos Ghosn fazem parte do alerta da Renault para os investigadores japoneses que, mediante investigações dentro da empresa, localizaram indícios de irregularidades, possivelmente cometidos por ele. Para obter o uso do Palácio de Versalhes para o seu casamento, Carlos Ghosn teria feito pagamentos para um ministro francês de forma, no mínimo, duvidosa. Teriam também indícios que recursos que estão na Holanda em seu nome, num paraíso fiscal, estariam planejados para ser transferidos para a Suíça. O assunto consta tanto do artigo no Nihon Keizai Shimbun como do jornal francês Le Figaro.

clip_image002

Foto do casamento de Carlos Ghosn no Palácio Versalhes

Leia o restante desse texto »


Bloomberg Sobre a Tragédia Ghosn – Nissan

4 de fevereiro de 2019
Por: Paulo Yokota | Seção: Economia e Política, Editoriais e Notícias | Tags: , , , , | 22 Comentários »

Uma equipe de jornalistas composta por Matthew Campbell, Kae Inoue, Jie Ma e Ania Nussbaum, auxiliada por Ruth David e David Welch publicou no site da Bloomberg um artigo de cerca de 20 páginas sobre o affair Carlos Ghosn e a Nissan, com muitos detalhes, alguns desconhecidos. Ele apresenta questões que provocam certos suspenses que clip_image002poderiam fazer parte de um breve documentário. A história ainda pode durar alguns meses para se chegar a um final. Se condenado, Ghosn poderá ainda ficar preso por alguns anos. Sua leitura integral seria recomendável e Carlos Ghosn concede uma rápida entrevista a Nikkei Asian Review.

Desenho de Carlos Ghosn quando esteve presente perante os seus investigadores japoneses recentemente

Leia o restante desse texto »